Marketing digital a partir do zero

Marketing digital a partir do zero

Quando você pensa em marketing digital, fica perdido sem saber por onde começar?

Para entender a importância desse trabalho e como estabelecer uma estratégia eficiente, é preciso compreender que a necessidade de fazer marketing digital existe, justamente porque vender produtos e serviços não se trata simplesmente de colocá-los à disposição das pessoas.

Pois é, assim fica mais fácil estabelecer que o marketing digital eficiente não se trata apenas de divulgação. Mas sim, de se destacar entre a concorrência de maneira inteligente e útil. Criado para uma marca ou produto, uma postura de autoridade, que a coloque como referência no segmento em que opera.

“Mas são tantas empresas, tantos produtos, como mostrar diferenças atraentes, quando todas as empresas estão a tentar fazer a mesma coisa?”

Abuse do marketing digital inteligente.

Para se destacar e ser escolhido pelo seu público com tantas opções, é necessário usar estratégias elaboradas cuidadosamente, para antes de qualquer coisa, captar a atenção do seu potencial cliente.

Afinal, como se não bastasse a quantidade absurda de novas empresas que abrem as portas todos os dias, hoje, o consumidor pode realizar pesquisas de mercado com muito mais facilidade do que há alguns anos atrás, e assim encontrar, em poucos segundos, uma porção de respostas para as suas necessidades.

E são justamente as pesquisas feitas pelo seu cliente, que vão ajudar a fazer um marketing mais inteligente, voltado para o que o seu público precisa, e o melhor, colocando-se como solução para essas pesquisas.

O problema é que o marketing digital possui tantas facetas que pode ser difícil, para quem não está familiarizado com o conceito, começar a construir as suas próprias estratégias. Por isso, preparamos um conjunto de soluções que vão ajudar a começar o seu marketing a partir do zero, e alcançar resultados incríveis para a sua empresa.

Atenção para os pontos que já vamos abordar:

  • Pessoa
  • Dor
  • Estratégia
  • Funil

Quem é a pessoa?

Marketing digital não é gritar uma notícia aos quatro ventos.

Mas como fazer isso? Como falar de modo eficaz e direcionar o seu marketing para a pessoa certa? Bem, para conseguir isso é preciso entender quem é o seu cliente, ou como chamamos: A “pessoa”.

Para entender quem é a pessoa que se identifica com o seu conteúdo, pesquise a faixa etária das pessoas que andam a visitar a sua página ou site, identifique género, profissão, classe social, interesses.

O Google também te pode ajudar a obter esse tipo de informação, caso ainda não tenha um site a funcionar. E há algumas plataformas que podem oferecer ferramentas para ajudarem a descobrir a sua pessoa.

Dessa maneira fica mais fácil dar um rosto e personalidade ao público que representa de fato o seu cliente, e então oferecer conteúdo otimizado, que não apenas solucione os seus problemas e o instrua, como também gere identificação, falando a linguagem do seu público de maneira muito mais natural e eficiente.

Para fazer um bom marketing digital é necessário direcionar o seu discurso para um determinado público, de modo a que as suas informações possam servir perfeitamente para solucionar as dores desse público.

Dor?

No marketing de conteúdo e digital, entende-se por “dores”, as motivações que fazem com que o seu cliente pesquise determinada palavra no Google.

Por exemplo: Um site de um ginásio, pode receber mais visitas se se propor a solucionar as dores dos seus potenciais clientes, oferecendo conteúdo que responda ás suas necessidades de pesquisa, que podem ser “Emagrecimento saudável”.

Com mais visualização, os banners de produtos como suplementos e cursos, recebem mais atenção e as chances de venda, é claro, aumentam.

Estratégia

Depois de identificar a pessoa, e entender as suas dores, é hora de estabelecer uma estratégia de vendas baseada nos objetivos da sua empresa. Por exemplo: Vender mais, obter patrocínio, gerar mais visualizações.

No entanto, a estratégia de marketing deve abranger a captação do interesse da sua pessoa, e para isso é possível usar os seguintes canais:

  • Redes sociais

Páginas no facebook com publicações diárias, conteúdo sempre atualizado e que gere interesse de partilha. O que aumenta o alcance das suas publicações gratuitas. É claro que também pode ser muito interessante investir em publicações patrocinadas, e nesse caso, o sucesso é certeiro.

Outras redes sociais também podem representar excelente investimento, como o Instagram, por exemplo.

Lembre-se que, antes de qualquer coisa, é necessário entender em quais dessas redes a sua pessoa passa mais tempo a navegar.

  • Vídeos

Vídeos têm um forte potencial de criar identificação com o seu público e aumentar as vendas directamente, isso porque uma das barreiras que afastam clientes na hora de adquirir um produto de uma empresa desconhecida, é o ar de distância que essa marca pode causar.

Quando há um rosto por trás desse trabalho, fica mais fácil confiar no produto que está a ser oferecido. Sem contar que o youtube é uma plataforma que transforma todo o conteúdo num potencial captador de leads. Afinal de contas, vídeos publicados no youtube são atemporais e aparecerão para os usuários sempre que houver buscas relacionadas ao tema.

  • Blog Posts

Os Blog Posts também são excelentes para angariar seguidores, atrair público e se posicionar como autoridade no seu nicho. Mas há um porém, é que para fazer postagens regulares e que de falto causem o efeito necessário é importante se aprofundar mais nas questões que envolvem a produção desse conteúdo, já que elas dependem de regras muito específicas. Algumas delas são:

  • Relevância
  • O conceito de SEO
  • Exclusividade dos artigos
  • Formatação dos textos.

Funil de vendas

O funil de vendas é um conceito que organiza em forma de pirâmide invertida, as várias etapas do marketing digital.

Chama-se assim, porque essas etapas se afunilam até à venda concluída, e no topo do funil, a parte mais larga, está o grande público, que precisa de receber maior atenção na montagem das suas estratégias de marketing.

Ainda assim, cada etapa do funil merece a produção de conteúdo específico, da seguinte forma:

  • Conteúdo que solucione especificamente os problemas da persona.
  • Conteúdo que posicione a empresa como uma das soluções.
  • Esclarecimentos a respeito do produto ou serviço vendido.

Apesar de o funil representar uma estrutura estática, é importante lembrar que o marketing digital precisa estar sempre em movimento, e assim o seu conteúdo precisa ser constantemente atualizado.

Como colocar o marketing digital a funcionar?

Para colocar tudo isso em funcionamento, tenha plataformas dispostas a receber o seu conteúdo. O site da sua empresa, por exemplo, pode ter uma página específica para receber os Blog Posts. Mas também é interessante criar perfis nas redes sociais, para que a sua empresa possa ser encontrada nesses ambientes.

Para que as suas postagens recebam a atenção que merecem, fique atento ao horário em que elas são postadas e nunca deixe de pesquisar mais conhecimento a respeito da produção de conteúdo.

Afinal de contas, a sua pessoa pode interessar-se por vários assuntos de maneira cíclica, e é essencial oferecer um marketing de conteúdo que converse com essas necessidades em cada um desses momentos.

Como lucrar com facebook e Instagram?

Como lucrar com facebook e Instagram

Por motivos óbvios, as redes sociais são excelentes canais de distribuição de conteúdo. Segundo um levantamento da própria plataforma Facebook, divulgado pelo seu CEO Marck Zuckenberg em 2016, a rede contava com 1,5 bilhão de usuários cadastrados, e em 2017 esse número saltou para 2 bilhões de usuários ativos.

É por isso que o Facebook se trata de uma rede social que pode ser encarada como uma excelente vitrine para:

  • Atrair público para lojas virtuais
  • Divulgar produtos
  • Angariar seguidores
  • Formar carteiras de clientes.

Porém, ultimamente os administradores de páginas empresariais têm manifestado certa insatisfação com o alcance das suas publicações, alegando que, agora a rede social dá prioridade a publicações feitas por pessoas, ao invés das organizações empresariais.

E em consequência disso, algumas marcas têm migrado para o Instagram, a rede social que mostra um alcance bastante positivo principalmente para o setor de vendas e e-commerce.

Mas no final das contas ainda é possível lucrar com as duas plataformas, principalmente se a suas publicações forem feitas com o objetivo de criar compartilhamento. E por isso separamos algumas dicas que podem ajudar você a extrair o máximo de cada um desses canais.

Partilha, a divulgação gratuita.

Divulgar na internet é essencial para empresas de diferentes nichos. Através das redes sociais fica mais fácil aproximar-se do público e mostrar não apenas os seus produtos e serviços disponíveis, como também angariar valor à marca através de publicações interessantes, engraçadas, divulgando o seu trabalho de modo mais natural.

E é uma excelente oportunidade de demonstrar valores como engajamento e comprometimento com qualidade.

Outro fator interessante é que através do facebook também é possível obter partilha desse conteúdo de maneira gratuita, por causa da interação dos próprios usuários.

Mas para conseguir isso, é preciso entender quais são os interesses do seu público, e oferecer conteúdo relevante e que gere essa necessidade de compartilhamento.

Pra conseguir números ainda mais expressivos, entenda que algumas particularidades no seu conteúdo, podem produzir resultados melhores. Como por exemplo:

  • Horários das postagens.

O próprio facebook oferece gráficos que informam á você os horários em que a sua página recebe mais visitas.

Explore isso fazendo postagens nesses momentos. Na maior parte das vezes eles ocorrem entre as 07:00 e 10:00 da manhã. Depois vão das 14:00 ás 17:00 e o ultimo horário do dia pode ser das 20:00 á 22:00.

Mas essas informações podem variar de acordo com o seu público alvo e por isso é pertinente avaliar os gráficos específicos referentes á sua página.

  • Imagens chamativas

Imagens curiosas, que retratem momentos cômicos, ou ilustrações multicoloridas que tragam mensagens intrigantes. Pra uma postagem ser compartilhada ela precisa ser única, por isso tente combinar alguma imagem que represente a tendência do momento, com uma frase que faça rir ou pensar.

  • Fontes adequadas

A fonte escolhida precisa ser legível, então nada de arabescos nem de fundos que se misturem com as letras tornando a mensagem difícil de ler.

Nas redes sociais as pessoas rolam seus feeds muito rapidamente, e se a sua postagem não gerar uma significação imediata, ela provavelmente irá fracassar (Ou flopar).

Conteúdos virais.

Mas se você quer lucrar muito com o facebook, pode ser bom começar a pensar em investir em um conteúdo viral.

Afinal de contas, se o compartilhamento nessa rede, se dá, sobretudo através de conteúdos virais, a chance de lucrar muito com a criação de algo assim é altíssima.

“Mas se você está pouco familiarizado com o termo, entenda que os conteúdos considerados virais são vídeos e textos que se espalham rapidamente pela web e tem milhares de visualizações. Os chamados Memes”.

E apesar de se multiplicarem, os Memes são difíceis de produzir intencionalmente. Mesmo assim, algumas empresas alcançam o objetivo, e quando isso acontece se percebe que quase sempre esses conteúdos têm caráter humorístico e podem representar sucesso garantido na divulgação de seus produtos, porém de maneira indireta. Angariando valor á marca.

“É pertinente lembrar que alguns desses conteúdos virais também funcionam como coringas, com frases que se encaixam em diversas situações, por exemplo, o antigo, porém sempre válido: Sabe de nada, inocente

Mas atenção, antes de elaborar um conteúdo de humor, certifique-se de que o seu argumento não soe ofensivo, nem desrespeitoso para o seu público, do contrário, o resultado pode ser catastrófico.

Como usar as tags no Instagram

Já no Instagram o marketing pode ser trabalhado de maneira mais aberta e não é necessária muita subjetividade, uma vez que a plataforma permite servir de vitrine sem interferir no alcance das publicações.

No Instagram, expor os produtos em belas imagens que os destaquem, é a técnica mais usada por quem lucra usando essa rede social.

O segredo é saber empregar as tags que permitam que o público possa ter acesso mais facilmente ao seu conteúdo e pra isso é importante pesquisar quais são as palavras que geram interesse dos seus clientes em potencial. Evitando assim, encher as imagens com tags aleatórias que dão a impressão de que o gerenciador da conta não se sabe ao certo do que está falando.

No marketing digital segmentação é a chave para falar diretamente com quem está interessado em produtos ou serviços como seu.

Ter um blog é a base de tudo

Ter um blog que sirva de âncora paras as suas postagens nas redes sociais é uma boa maneira de manter um acervo mais amplo dos seus conteúdos e garantir que o seu público possa ter acesso a todo o seu trabalho de forma mais completa, além de garantir que a sua empresa possa se resguardar, caso ocorra algum problema nas suas contas nessas redes sociais.

Pois é, embora raros, esses problemas podem acontecer. Por vezes, alguns conteúdos do Facebook e do Instagram, sofrem penalização da própria plataforma por algum motivo técnico e nessas situações, quem mantém um blog atualizado, sofre menos perda de seguidores, e ainda consegue se reestabelecer mais facilmente, se necessário.

Mas lembre-se que o Facebook tem limitado um pouco o alcance das publicações que provocam dispersão dos utilizadores, ou seja, links que tirem o utilizador da rede social, levando-o para um site externo acabam menos visualizados, e para que isso não aconteça com as suas publicações, lembre-se de acrescentar links externos nos comentários das suas publicações.

5 Dicas de Marketing Digital com baixo custo para a sua empresa.

5 dicas marketing digital

Cansado de pagar caro pelo marketing digital da sua empresa?

Veja nesta publicação algumas dicas para sua empresa obter resultados reais na internet com um baixo custo.

Está a precisar de fazer mais vendas, conquistar novos clientes ou divulgar uma promoção, mas está com pouco capital disponível para investir em propaganda?

Não precisa de se desesperar, nem desanimar. Na internet uma propaganda de baixo custo, pode criar resultados bastante interessantes e dar o impulso que a sua empresa precisa.

Para isso, basta ser criativo e saber aproveitar bem os recursos que as diferentes plataformas podem oferecer a si. A seguir, separamos algumas opções de propaganda de baixo custo para você começar a explorar sem medo e fazer a sua empresa realizar mais vendas, sem precisar de investir uma fortuna.

1- No facebook.

As publicações patrocinadas, ou anúncios patrocinados do facebook, são propagandas pré-pagas que uma empresa pode contratar para ajudar a divulgar a sua marca, produtos ou promoções nessa rede social.

O grande potencial da plataforma representa a conquista de novos seguidores e clientes em quantidade. Afinal de contas, uma verdadeira multidão passa grande parte do dia conectada a essa rede social, o que torna o poder de alcance da plataforma superior ao de muitas outras. Então por que não utilizar esse potencial ao seu favor?

Para fazer o seu anúncio no facebook basta aceder ao feed da sua página como administrador, e clicar em ”Promover página”. Ali mesmo é possível encontrar outras opções como “criar promoções”, “Gerar leads”, por exemplo.

Aproveite para explorar esses recursos de acordo com as necessidades da sua empresa. Os custos variam de acordo com o alcance escolhido para a publicação que pode ser totalmente personalizada pelo empreendedor. Para se ter uma ideia, através dos anúncios patrocinados no Facebook, é possível obter resultados realmente interessantes, com pouco menos de RS 10,00 de investimento.

2- Vídeos tutoriais.

Os vídeos para o Youtube vão requerer certa estrutura de quem está interessado em investir nesse tipo de conteúdo, como câmera de boa qualidade, estrutura de luz e fundo, porém com um pouco de criatividade, é perfeitamente possível criar anúncios interessantes e relevantes para os seus produtos.

Uma dica é investir em conteúdo que atraia o seu público como tutoriais, por exemplo.

3 -Parcerias e patrocínios.

Mas se você não quer fazer um vídeo sobre a sua empresa, pode patrocinar outros empreendedores que o façam para você. Afinal de contas, os “influenciadores digitais” são pessoas que possuem uma quantidade razoável de seguidores, e recebem patrocínio por promover produtos ocasionalmente. Com esses profissionais é possível negociar valores por pacote ou propor pagamentos em forma de troca de serviços de modo que os dois lados saiam ganhando.

4 –Anúncios no Google

Divulgar com o Google é muito caro na imaginação de quem nunca tentou, mas a verdade é que os anúncios do Google Ads são os mais baratos e eficientes do segmento.

A maior plataforma de pesquisas do mundo, permite que empreendedores digitais possam divulgar os seus produtos através de anúncios que figuram entre os resultados das buscas naturais dos usuários, e isso tudo, sem cobrar uma quantia exorbitante.

Assim como os links patrocinados do Facebook, o anúncio no Google Ads pode ser completamente personalizado, e tudo bem se a sua empresa vende produtos e serviços só na região da sua cidade, por exemplo.

As possibilidades de otimização do Google Ads, permite que o seu anúncio vincule exatamente na sua área de interesse.

O custo benefício do Google.

O valor mínimo de investimento no Google Ads através de boleto bancário é de quarenta reais, mas se o pagamento for através de cartão, os valores são mais flexíveis e algumas opções são de menos de vinte reais.

Mas o custo benefício é o melhor do segmento, já que o retorno do Google é efetivo, ou seja, a plataforma realmente cumpre o que promete e entrega excelentes resultados em cliques e visualização dos sites anunciados.

Mas aproveitar bem esse retorno vai depender da sua infraestrutura na web. Afinal, os seus novos clientes em potencial, encontrarão um site organizado funcional e bonito quando clicarem no seu link? Pense nisso e se necessário, reestruture a sua página para receber bem os utilizadores.

5 – Infoprodutos

No mercado digital existem diferentes tipos de infoprodutos, mas um dos que melhor funcionam para divulgação e propaganda ainda é o e-book.

Trata-se de uma revista digital com a finalidade de instruir sobre algum assunto ao mesmo tempo em que populariza a sua marca ou produto.

Os E-books podem ser baixados gratuitamente e com isso, o utilizador sai com a sensação de quem ganhou um bónus, o que é muito bom para quebrar o gelo inicial e deixar o público mais propenso a adquirir outros produtos da sua marca.

Mas lembre-se: Infoprodutos precisam de ser feitos sob medida para a sua empresa e é interessante ressalvar que a produção pode ser muito mais barata do que se imagina.

A divulgação da empresa ao lado de tantas outras.

Concorrer com grandes empresas pode assustar, afinal de contas, todas investem bastante em marketing digital, e o que acontece é que isso eleva o nível da concorrência e cabe ao pequeno empreendedor a tarefa de se especializar para falar de igual para igual.

Então para criar propagandas realmente eficazes, faça um estudo da sua própria empresa e entenda o que ela tem de diferente que pode ser um atrativo para o seu público. Crie anúncios que ressalvem a sua diferencia e assim, venda o seu produto de uma forma que uma grande empresa jamais poderia fazer.

Por exemplo: Se a sua marca vende produtos artesanais, destaque a atenção que é dada a cada item, fotografe a elaboração do trabalho, invista em explorar os detalhes do cuidadoso processo de elaboração de cada peça.

Já se trata de um trabalho feito somente em ambiente digital, explique o quanto o curso ou infoproduto criado por si, foi pensado para causar impacto positivo e deixe claro todas as particularidades que fazem dele o melhor do mercado.

É bom entender que quer que a sua empresa seja uma loja física ou um e-commerce, a internet oferece diferentes recursos, basta saber exatamente que tipo de retorno você precisa e explorá-los minuciosamente.

Não se esqueça da divulgação permanente

Como dito anteriormente, saber o que se espera alcançar com a sua divulgação é essencial. E o seu objetivo pode parecer básico, como conquistar maior lucro, mas como fazer isso? Vendendo mais do seu produto? Adquirir mais seguidores para as suas plataformas e perfis? Popularizar a nova identidade da sua empresa?

Lembre-se que uma das maneiras de conseguir isso é estar atento para a ideia da divulgação permanente, que nada mais é do que manter uma estratégia de divulgação contínua, ou seja, que esteja sempre vigente, apesar das suas promoções ou de outras campanhas esporádicas, específicas para certas datas, como natal, dia das mães e etc.

Para isso, mantenha o seu site sempre organizado, ativo e profissional. A divulgação permanente depende da qualidade das suas plataformas, afinal de contas, um utilizador que ainda não conhece a sua marca, dificilmente se vai tornar um seguidor do seu site, se ele parecer desorganizado ou improvisado.

Pesquise tendências

E por ultimo, mas não menos importante, pesquise tendências de marketing para gerar propagandas baratas com bastante alcance.

Crie Gifs, podcasts, infoprodutos como as revistas eletrónicas e não deixe de aproveitar as dicas dos especialistas no assunto. O marketing digital muda a todo o momento, porque a era da informação exige agilidade dos empreendedores, e nesse caminho, quem se adapta melhor, fica na frente e lucra muito mais.

Como vender mais com marketing digital no facebook

COMO VENDER MAIS COM MARKETING DIGITAL NO FACEBOOK

Método simples e eficaz para utilizar o maior meio de marketing da atualidade para elevar as suas vendas.

Quer vender mais com o Facebook, mas não sabe como começar? Ou já tem uma empresa funcionando nessa rede social gostaria de fazer mais vendas?

Saiba que é possível vender quase todo o tipo de produtos e serviços nessa rede social, e obter lucros muito interessantes, desde que se saiba entender como funcionam os mecanismos de divulgação nessa plataforma.

Afinal, é por não cumprir algumas dessas regras que muitos empreendedores que operam nessa rede social têm reclamado de baixo alcance das suas publicações. É que as políticas de publicidade do facebook são muito específicas, então qualquer coisa que fuja ás regras preestabelecidas pela plataforma, pode sim, sofrer alguma penalização como baixo alcance orgânico, exclusão de publicações ou até mesmo bloqueio das páginas.

Algumas regras que você precisa saber antes de anunciar no facebook.

O facebook prioriza postagens feitas por pessoas ao invés das empresas, por isso é interessante fazer com que as publicações da sua página gerem interesse de compartilhamento nos usuários que a seguem.

Links que façam o usuário do facebook sair da rede para buscar outros sites, também podem ser penalizados com baixo alcance, enquanto propagandas patrocinadas que prometem milagres como “Emagreça agora”, são totalmente bloqueadas.

No facebook a publicidade deve ser relevante, com anúncios que agreguem algo ao usuário, e por isso a propaganda feita de maneira discreta é que obtém melhores resultados.

Afinal, os maiores especialistas do setor há tempos pregam a eficiência do marketing digital de conteúdo, que é basicamente a oferta de textos, tutoriais em vídeos e artes que de fato tragam ao usuário soluções, humor, soluções ou notícias.

No facebook o marketing digital é feito principalmente através de conteúdo e quem entende a importância desse trabalho e se dispõe a oferecer o melhor serviço, sai na frente e ganha mais seguidores o que, é claro, resulta em aumento nas vendas.

Procedimento de criação e venda no Facebook

Tente manter o compartilhamento da sua página da seguinte forma: 80% de conteúdo relevante para o usuário e apenas 20% de postagens devem fazer menção aos seus produtos e promoções.

Pois é, essas regras podem parecer difíceis de manter e até desnecessárias, mas acredite, segui-las a risca vale a pena, afinal de contas, o Facebook trata-se de uma das maiores potencias comerciais do século, e não é atoa.

Monte uma página profissional e trabalhe primeiramente o engajamento dos seus seguidores. Como fazer isso? Novamente a resposta é conteúdo, que precisa ser inédito e relevante.

Quanto conseguir obter uma quantidade razoável de seguidores, é hora de oferecer os seus produtos, mas com cuidado. Se sentirem que a sua página se tornou uma distribuidora de panfletos de venda, os seus seguidores podem abandona-la do dia para a noite.

Vamos ressaltar que para vender no facebook você precisa se discreto, e não soar insistente a todo instante, isso porque nessa rede social é muito simples perder seguidores caso isso aconteça. Outro fator de risco é a denúncia por spam.

O Poder dos grupos

Outro fator interessante para os lucros e que pode passar despercebido aos distraídos, é o poder de venda dos grupos.

Pois é, além das páginas, no facebook é possível participar de grupos formados por verdadeiras multidões, um público segmentado, que já está disposto a discutir e adquirir produtos de seu interesse. Afinal de contas, imagine o poder de publicidade que uma Editora pode obter ao entrar, por exemplo, em grupo chamado “Loucos por leitura”.

Por isso, fique atento aos grupos que falam ao seu nicho, entre nessas comunidades primeiramente com uma postura de usuário e fique alerta ás regras internas desses grupos, afinal de contas, quase todos eles proíbem a divulgação de vendas e promoções.

Então, como divulgar o seu produto sem fazer postagens de promoções?

Novamente a resposta é: Conteúdo digital relevante. Em um grupo de usuários interessados em vida saudável e fitness, não há nada demais fazer uma postagem que dá acesso á um site onde se pode encontrar dicas de alimentação saudável e de baixo custo.

Mas fique atento ás legendas da sua postagem. Não soe como um vendedor, mas sim, como um leitor, que decidiu compartilhar o conteúdo por acha-lo interessante.

Crie um grupo

Criar o seu próprio grupo também pode ser lucrativo, nele os seguidores da sua página podem discutir assuntos de seu interesse e compartilhar seus próprios conteúdos. Nesses grupos fica mais fácil divulgar a sua empresa e realizar vendas, mas fique sempre atento ao conteúdo relevante, para não perder os seus seguidores.

5 Dicas do que NÃO fazer na hora de vender no facebook:

Por fim, vamos fazer um breve apanhado de tudo o que o empreendedor digital não deve fazer se quiser manter uma página lucrativa no facebook.

  • Procure as pessoas no inbox.

Abordar pessoas sem mais nem menos para oferecer os seus produtos com certeza vai fazer com que essa pessoa queira evitar novas investidas e acabe bloqueando totalmente o seu conteúdo.

  • Se torne um vendedor chato.

Compartilhe seu link de vendas a cada hora ou marque o seu produto em todas as publicações da sua página.

  • Não responda perguntas e comentários.

Não responder perguntas de usuários ou deixa-los esperando por você durante dias, é sem dúvida um indicativo de falta de profissionalismo que pode afastar possíveis clientes.

  • Responda agressivamente á perguntas e comentários negativos.

Explosões de fúria á menor crítica é a marca do empreendedor despreparado. Não agrida os seus seguidores nem responda duramente as críticas. Entenda que o cliente tem sempre razão e mesmo se não for o caso, procure ser o mais ponderado possível.

  • Abandone sua página de vez em quando

Passar alguns dias sem postar pode ser desastroso para o alcance das suas publicações.

  • Se for se ausentar por muito tempo, agende publicações para que sejam postadas automaticamente durante o período em que estiver fora.
  • Dessa forma seus seguidores poderão continuar compartilhando os seus conteúdos e sua página trabalhará para continuar trazendo bons resultados para a sua empresa.

E é claro, não deixe de buscar cada vez mais conteúdo sobre o assunto, a final de contas, o marketing é cíclico, e isso exige agilidade e interesse de que quem quer explorar as suas ferramentas.

Realmente vale a pena apostar em Marketing digital?

vale a pena apostar em marketing digital

Por volta dos anos 90, as grandes empresas americanas começaram a ver no marketing digital, uma forma de expandir os seus negócios e gerar interesse de um público que ainda estava expandindo os seus limites na, então chamada: “ Worl Wide Web” ou www.

Com apostas direcionadas a vendas na internet, os setores rapidamente alcançaram patamares de crescimento significativo, e o marketing digital começou a virar assunto nas principais universidades americanas.

Hoje, já amplamente difundido, o marketing digital é a principal fonte de lucratividade para empresas de todos os tamanhos. Mas, se todo mundo anda usando o mesmo tipo de propaganda, como se destacar no meio dessa multidão?

Como se destacar a partir do marketing digital

No passado, para comprar um produto era necessário sair de casa e ir até as lojas, pesquisar preços por longos dias antes de finalmente encontrar o produto perfeito. Hoje bastam alguns cliques para obter tudo isso na tela do smartphone, e efetuar a compra sem sequer se levantar do sofá.

Por causa disso os outdoors e panfletos perderam um pouco a utilidade, e como se não bastasse essa nova vitrine virtual, a cada dia surgem mais e mais empresas para dividir esse espaço.

Por isso, em um mar de propaganda digital e clientes ávidos por comprar de forma mais ágil e simplificada, como criar uma campanha que realmente faça a diferença?

Para ajudar você nessa tarefa, separamos cinco dicas, e um extra pra você entrar na nova era do marketing digital, esbanjando bons resultados.

  • Esteja online. Não adianta querer fazer marketing digital se você não gosta de ficar conectado. É essencial estar por dentro de tudo o que acontece na internet, e só assim é possível aproveitar a segunda dica dessa lista.
  • Fale a língua do público. Aproveite a tendência virtual do momento para apostar em postagens bem humoradas que evidenciem a sua marca, ao mesmo tempo em que gerem interesse de compartilhamento.
  • Seja prático. Não dificulte o acesso do seu público ás informações do seu produto ou site. Ter uma linha de comunicação com as pessoas pode ser a melhor maneira de engaja-las. Você pode apostar em vídeos curtos, que possam ser vistos pelo facebook.
  • Fique à vista: Essa é para quem prefere a criação de imagens e banners: Aposte em cores vibrantes, mas que não sejam agressivas demais. A fonte escolhida para transmitir a sua mensagem também precisa ser legível.
  • Faça promoções. É muito importante dar ao seu público a sensação de estar aproveitando uma oportunidade única de economizar ou ter aquele produto que todo mundo quer no momento. Por isso, faça promoções relacionadas aos itens que estejam na moda.

Uma dica extra: Se engaje.

Hoje, cada vez mais, as pautas sociais têm se tornado uma forma útil e inteligente de se destacar. Perceba que as maiores marcas estão vestindo a bandeira de várias causas sociais e isso não acontece atoa.

É notável o engajamento do público em apoiar marcas com as quais se identifica, por isso, conheça o seu cliente e mostre que também se interessa por suas motivações.

O marketing digital do futuro, que você pode fazer hoje:

Assim como a internet, o marketing digital é cíclico, e as estratégias que obtém mais sucesso, podem ser previstas pelos olhares mais atentos.

Quem está mergulhado no mundo do e-commerce, por exemplo, sabe o quanto é importante perceber essas mudanças e responder a elas o mais rápido possível. Isso quer dizer que, sair na frente pode ser uma maneira de chegar ao topo com menor concorrência. Aproveitar essas oportunidades, que surgem em todo momento, é uma forma excelente de gerar mais leads, lucros e influência digital.

É por isso que a análise de informações tem se mostrado uma aliada importante dos novos tempos do marketing digital, afinal é com o olhar voltado para os gráficos, que o empreendedor digital consegue entender qual estratégia pode ser melhor empregada, e em qual momento tomar uma atitude de mudança.

Para estar no mesmo ritmo das grandes empresas do futuro, comece apostando na leitura e análise de dados, para alavancar os gráficos de crescimento da sua plataforma.

Dá pra vender, sem marketing digital?

Mas e quem tem um produto que se vende sozinho e acredita que não precisa de propaganda? Saiba que ainda há uma grande parcela de pessoas que acreditam nisso.

O que essas pessoas não sabem, é que o marketing digital não apenas gera lucratividade imediata, ali no ato da compra, como também agrega valor a marca, e um produto atrelado a um bom marketing, pode valer muito mais do que o produto que “se vende sozinho”.

Hoje o marketing digital não é só uma ponte para gerar lucros, como também se trata de um aliado importante para a valorização da marca, portanto a resposta a pergunta que fizemos é: Sim, talvez seja possível vender o seu produto. Mas sem o marketing digital, a sua concorrência pode ser esmagadora, implacável e difícil de vencer.

Sete dicas para aproveitar as novas tendências do marketing digital

Mas nem só de redes sociais, é feito o marketing digital. A propaganda na internet já foi feita de diversas formas diferentes e estima-se que até 2023, o cenário apresentará ganho de força capaz de fazer com que as propostas no ambiente digital, ganhem as ruas movendo massas em direção a interesses sociais de grande comoção e com cada vez mais frequência.

Mas enquanto esse dia não chega, os aspectos do marketing digital vão ganhando cada vez mais espaço na vida de empresários.

Algumas tendências que ganharão forças nos próximos anos:

  • Segmentação.Algumas pessoas acreditam que falar para as massas, sem fazer uma segmentação de público, é uma boa maneira de divulgar, já que mais pessoas escutarão a mensagem. Mas isso é um erro. No mundo do marketing digital, vale mais falar para o público certo, que realmente busca, e está interessado no seu produto. Por isso, faça pesquisas para descobrir quem é o seu seguidor nas redes sociais. Quantos anos têm, quanto tempo se dedica a navegar na internet, quais os conteúdos que mais busca. Feito isso, dê o próximo passo:
  • Os blogs.Através do blog é fácil estabelecer uma linha de contato com o cliente. Coloque na sua plataforma um conteúdo que seja de interesse do seu público, e não deixe de aproveitar esse espaço para colocar o seu produto em evidência. Essa linha de marketing digital se chama “marketing de conteúdo” e é uma grande potência das vendas digitais na atualidade.Existem profissionais especializados na criação de marketing de conteúdo e é importante contar com quem já está inserido no mercado e conhece bem os requisitos do Google, para garantir a visualização eficiente.Segundo estudiosos do setor, o marketing de conteúdo tem sido responsável pela sobrevivência e lucratividade das maiores startups, desde 2011. E a tendência é que haja expansão do setor, também nos próximos anos.
  • A cara da marca.

    Comprar de uma nova plataforma pode gerar insegurança no cliente, porque nas vendas pela internet quase sempre há a sensação de que não há nada nem ninguém por trás dos logotipos e promoções. Por isso, dê um jeito de mostrar o seu rosto, e deixar a sua marca mais pessoal e humana.

O que mudou, e o que ainda vai mudar no marketing digital?

Segundo uma pesquisa recente da revista Exame para as novas tendências de marketing 2018, o setor de marketing digital obteve maior destaque, mas também sofreu alterações tendenciais.

Ainda de acordo com os profissionais da área, as tags sofreram uma diminuição na frequência em redes sociais, embora ainda continuem fortes no cenário geral. Mas justamente porque a crise financeira tem incentivado os empresários á apostarem em métodos de divulgação mais ágeis e abrangentes o marketing de conteúdo pode receber uma verdadeira injeção de novos investidores e por isso o engajamento vai aumentar ainda mais nos próximos meses.

E como se sabe, o cenário virtual se altera a todo instante, e com ele o marketing digital também se atualiza, e assim, para 2018, as tendências são muito mais dinâmicas e têm base na criação de mídia visual ágil e de tom descontraído.

O principal sinal disso é o Facebook live, que têm obtido ótimos resultados nos mais diferentes segmentos.

Outras tendências para o marketing digital do futuro:

A parceria com um influenciador: Influenciadores são pessoas de grande visibilidade no meio digital. Fazer parceria com alguém que tenha confiança do seu público é uma excelente sacada. Este é o chamado: ”Marketing de influência.” Que gera mais tráfego e pode dar um impulso muito interessante ás suas vendas.

Marketing de conteúdo continua em alta e como dito anteriormente, tende a crescer. Tutoriais, terão primeiro lugar.

Foco nos smartphones. Isso não quer dizer que você vai precisar vender celulares, mas cada vez mais, as pessoas usam dispositivos móveis para acessar a internet, por isso, aposte em imagens e conteúdos feitos para esse fim. Propostas visualmente interativas são as que mais obtêm sucesso, como o recente “Toque na imagem” que está cada vez mais presente nas time lines.

Como se pode ver, o marketing digital tem muito a oferecer, e continuará sendo um caminho de sucesso para empresários de todos os segmentos, por isso, apostar no setor é uma maneira inteligente de manter a sua empresa no caminho do sucesso, com lucratividade ao longo de todo o percurso.

Como lucrar com Marketing de Conteúdo no seu Site?

Como lucrar com Marketing de Conteúdo no seu Site?

As redes sociais estão cheias de marcas e empresas que disputam espaço. Então como se sobressair em um mercado que recebe novos nomes a cada instante?

O marketing digital exige técnica e a criação de conteúdo para web é um dos fundamentos mais essenciais desse segmento. É somente através do marketing de conteúdo que uma marca consegue obter mais destaque, a ponto de se tornar uma referencia em soluções para o nicho em que atua. E o marketing de conteúdo profissional pode ser entregue na forma de:

  • Vídeos tutoriais.
  • Artigos com dicas práticas
  • E-books e cursos.

Para entender a importância do conteúdo otimizado, perceba que a internet é feita basicamente de informação aliada ao compartilhamento, e nesse cenário, o conteúdo compartilhável é todo aquele que acrescenta informações relevantes, mais comumente com o objetivo de levar soluções efetivas até determinado público.

“Hoje, o marketing de conteúdo que obtém melhor resultado é o que é feito com o objetivo de ajudar.”

Como lucrar mais com marketing de conteúdo?

  • Crie conteúdo compartilhável.
  • Aposte em transmitir conteúdo relevante.
  • Entenda as técnicas que o Google criou para ajudar o seu site a se sobressair.

Lucrar com marketing de conteúdo é a melhor maneira de investir em uma estratégia de crescimento sólida.

Isso porque a propaganda simples se preocupa em apresentar a qualidade de um determinado serviço de maneira imediata, mas é através do marketing de conteúdo, que o seu público alvo consegue de fato visualizar a aplicabilidade do seu produto, ou seja, o potencial de soluções que ele oferece.

Quer um exemplo?

Imagine as seguintes situações:

No exemplo um, uma pessoa que está navegando na internet em busca do termo “Comida” se depara com um banner de uma empresa que destaca a seguinte frase: Só hoje, promoção das panelas xxx, aproveite!
No segundo exemplo, o mesmo cliente encontra um texto sob o seguinte título: Cinco receitas rápidas para você fazer hoje.

Agora responda para si mesmo, qual dessas duas estratégias tem um potencial maior de gerar interesse de compartilhamento do público?
Se você está acostumado a navegar no Facebook, sabe que a resposta é óbvia.

O conteúdo tutorial é sempre mais interessante quando o assunto é divulgação, mas isso não quer dizer que os banners de promoções devam ser abolidos, apenas acrescentados à sites que tenham um conteúdo útil para o seu consumidor.

Afinal, o marketing de conteúdo é justamente uma ponte, capaz de levar o seu público a conhecer a sua marca e se interessar por ela.

Como fazer marketing de conteúdo de qualidade?

O conteúdo para web deve ser pensado para atrair o maior número de pessoas possível, e não dá pra fazer isso, sem antes descobrir quem é o seu público e o que ele busca. Entenda os interesses do seu consumidor e busque maneiras de sanar as suas necessidades, sem deixar de apresentar o seu produto como solução.

Posso fazer meu próprio marketing digital?

Vimos que o conteúdo certo pode:

  • Elevar a visualização da sua página. .
  • Aumentar rapidamente as vendas do seu produto.
  • Multiplicar o compartilhamento que leva o nome da sua empresa.

Mesmo assim, quem ainda não descobriu o potencial lucrativo do conteúdo para web, acredita que desenvolver marketing de conteúdo é simples e pode ser feito de maneira improvisada, mas a verdade é que hoje, já há tantas empresas fazendo o marketing de conteúdo e desenvolvendo técnicas inovadoras, que não realizar esse trabalho de maneira séria pode ser um erro grave.

Por isso, quando o assunto é conteúdo para web, o melhor mesmo é encontrar apoio profissional e investir na contratação desse serviço.

O marketing certo é feito levando em consideração as seguintes informações fornecidas pelas plataformas da Google:

  • As palavras mais buscadas pelo seu público no momento.
  • As tendências de ações futuras desse público.
  • Locais onde o público potencial se concentra.
  • Horários em que está online
  • Quais dispositivos são mais utilizados para os acessos.

Por isso, não deixe a sua empresa se perder num oceano de marcas e produtos. Invista em marketing digital de qualidade e lucre mais, agora. Para saber como fazer isso, entre em contato conosco e faça a sua cotação com quem mais entende do assunto.

Como gerar tráfego qualificado e conversões com seu site

Como gerar tráfego qualificado e conversões com seu site

Gerar tráfego qualificado é a melhor estratégia para aumentar suas vendas.

O seu site recebe visualizações, mas você não sabe como transformar essas visitas em vendas? Esse é um problema comum do empreendedor digital que está acostumado a relacionar visualizações com rentabilidade.

Mas saiba que, antes de qualquer coisa, para obter resultados positivos nos seus gráficos de venda, os seus usuários precisam se sentir seguros dentro do seu site, e para isso a sua plataforma precisa ser toda pensada para demonstrar seriedade, qualidade e profissionalismo.

Mas ter um site profissional, com conteúdo que inspire e gere resultados, exige um trabalho cuidadoso que leva em conta a estratégia de marketing pensada especificamente para a sua empresa.

Afinal, quem planeja gerar lucros através de vendas pela internet, precisa aproveitar todas as informações disponíveis para gerar um conteúdo de qualidade, em um site otimizado para o Google.

Como aproveitar o Google e o Facebook?

Você sabia que é possível aumentar a conversão das suas visualizações em vendas, de maneira muito mais rápida do que você imagina? Quando a plataforma de um site tem todas as ligações de captação de leads do Facebook e Google a conversão é muito mais alta e os resultados se sustentam ao longo do tempo, representando lucros concretos que perduram. Essa função é essencial para quem deseja receber visitas qualificadas todos os dias.

Mas como promover essa interligação de maneira eficaz?

Para obter resultados efetivos, não adianta improvisar. Em primeiro lugar, para não colocar a sua empresa em risco ou perder períodos importantes de lucratividade como natal ou outras épocas de altas nas compras, é importante contar com uma plataforma que disponibilize esse recurso e, pra isso, procure o quanto antes a ajuda de quem entende do assunto.

Tráfego para aumentar as suas vendas

O tráfego é um dos pilares mais importantes para conseguir realizar vendas efetivas. Mas de nada adianta uma quantidade absurda de tráfego, se a taxa de visitas qualificadas não aumenta.

As visitas qualificadas são aquelas que entram no seu site já com interesse em conhecer o seu site. São também chamados de visitantes naturais ou leads orgânicos.

Pra despertar o interesse desse público é necessário investir em marketing com estratégia em conteúdo otimizado, claro também é importante obter uma plataforma que comporte esse perfil.

Mas existem dois diferentes tipos de tráfego e ambos tem potencial de compra dos seus produtos.

O mencionado acima, tráfego orgânico, pessoas que vão até o seu site, em busca do seu conteúdo e produto e há também o tráfego pago, que acessa o seu site através de anúncios pagos como o Facebook Ads, por exemplo.

Como obter mais tráfego?

Para aumentar o tráfego do seu site e converte-lo em vendas dê ao seu público as soluções que ele procura investindo em marketing inteligente e voltado para propor soluções. Entre em contato conosco agora mesmo, e descubra tudo o que a nossa equipe de profissionais pode fazer pela sua empresa.

A propaganda inteligente é um investimento que se transforma em lucro rapidamente. Para isso, basta a sua iniciativa.

Facebook Ads na prática

Facebook Ads na prática

O Facebook não é só a maior rede social do mundo. Afinal, a plataforma também se trata de uma importante fonte de lucratividade, que pode ser explorada por empresas de todos os portes através do Facebook Ads, que também é conhecido como “Link patrocinado”

O Facebook Ads é basicamente a plataforma de anúncios do Facebook e se trata da melhor maneira de vender e implantar produtos nessa rede social que tende a crescer mais e mais a cada ano.

O seu produto ou serviço pode se beneficiar do marketing no Facebook?

Quase todos os seguimentos de produtos e serviços podem se beneficiar do marketing no Facebook. Basta para isso estudar o público e direcionar esses anúncios de modo a obter a visualização de quem de fato se interessa pelo nicho.

Pra isso, siga algumas diretrizes como:

  • Qual a idade do seu público.
  • Quais seus interesses secundários.
  • Em quais dispositivos navega.

Com base nessas informações preliminares, já é possível testar os seus primeiros anúncios, mas se você quer acertar em cheio e lucrar com um anúncio matador, alie o seu link patrocinado á uma boa base de marketing no Facebook. O que incluiu um conteúdo atualizado e relevante.

Por que colocar anúncios no Facebook?

Você já parou para pensar em quanto custa colocar anúncios na televisão? Acredite, os valores são assustadores e a duração das propagandas para televisão, raramente passam de alguns segundos.

Já os anúncios do Facebook Ads podem custar muito menos e quase sempre alcançam um público bem maior.

Outra vantagem dos anúncios no Facebook em comparação com outras ferramentas é que, o Facebook Ads permite a personalização do seu anúncio, de modo que ele possa atingir exatamente o público para o qual o seu produto se destina.

Como fazer o anúncio certo?

Criar o anúncio que vende exige uma estratégia de marketing detalhada e profissional. Do contrário, pagar por anúncios sem fazer o direcionamento adequado, pode significar somente o desperdício de capital que poderia gerar lucro se fosse mais bem direcionado.

Isso porque criar anúncios no Facebook trata-se de uma estratégia quase sempre usada por empresas que têm interesse em aproveitar o potencial de compartilhamento da rede social, sem gastar muito.

Mas veja bem, como tudo no marketing digital, a plataforma de anúncios Facebook Ads exige técnica, apesar de disponibilizar a possibilidade de personalização desses anúncios. A ideia do Ads é basicamente construída sobre a segmentação do público, o que faz toda a diferença lá na frente, nos gráficos de venda.

Por isso, o melhor mesmo é realizar todas as análises de dados disponíveis para entender, por exemplo quais regiões do país têm mais interesse no seu produto ou serviço, e com que frequência esse público realiza compras no seu segmento.

Um profissional em marketing digital consegue não somente formular o anúncio perfeito, como através desse trabalho, pode ficar mais fácil alcançar um público cada vez maior.

Como criar um anúncio que venda de verdade?

  • Alie o seu anúncio patrocinado a uma base atualizada de conteúdo relevante. O cliente precisa confiar que o seu produto é interessante, e a sua marca confiável.
  • Produtos com preço mais baixo vendem melhor No Facebook as vendas devem ser de impacto, por isso, produtos mais baratos tendem a obter melhor resposta.
  • Imagens que gerem impacto Seus anúncios precisam ser legíveis, limpos e fáceis de interpretar.
  • Profissionalismo. Não dá pra disfarçar. Um anúncio com ares de amador, dificilmente vai obter o mesmo sucesso de uma propaganda profissional.

O Facebook Ads exige conteúdo?

Uma dica importante para lucrar ainda mais com o Facebook Ads é: Tenha uma página, blog ou site capaz de oferecer informações atualizadas. Um conteúdo otimizado, aliado ao poder de visualização do Facebook Ads, é a melhor receita para aumentar as suas vendas na internet e estabelecer a presença da sua empresa como referencia no segmento. Consulte os nossos profissionais e descubra como podemos ajudar a sua empresa a lucrar muito mais usando as ferramentas que o facebook oferece.

Como funciona, na prática o Google Adwords

Como funciona, na prática o Google Adwords

Você gostaria de anunciar o seu produto na maior plataforma de pesquisas do mundo?

Pois saiba que o Google dá para a sua empresa a oportunidade de anunciar para um número muito elevado de pessoas, com base em estatísticas de busca e ainda posiciona a sua marca de forma a obter destaque maior nos resultados de pesquisa, bastando pra isso, apenas uma análise correta das informações disponíveis na própria plataforma.

Mas pra quem está chegando agora no mundo do marketing digital, dá pra resumir o Google Adwords da seguinte maneira: Uma ferramenta de publicidade do Google que coloca marcas e produtos patrocinados, no alto da lista de resultados oferecidos após uma busca comum de usuário. E assim, fica muito mais fácil vender mais.

Mas não é só isso o que o Google Adwords faz pela sua empresa. Essa ferramenta é uma poderosa alavanca de resultados, e dá pra lucrar muito aproveitando as suas vantagens.

As vantagens do Google Adwords

  • Alta visualização. Os anúncios do Google são vistos por pessoas em todas as partes do Brasil e do mundo.
  • Possibilidade de vendas imediatas. As vendas realizadas a partir dos anúncios do Adwords têm estatísticas que estão em crescimento constante.
  • Melhor custo benefício. Você escolhe o valor do anúncio e o Google gerencia e posiciona o seu anúncio.
  • Remarketing Uma ferramenta que recoloca a sua propaganda diante do usuário, em plataformas diferentes.

E o melhor de tudo é que as vantagens do Google Adwords não se limitam apenas às grandes empresas. Através dessa plataforma, é possível criar publicações que são personalizadas em todos os detalhes e, fazendo anúncios pensados para o seu público, ganha-se tempo, evitando erros de experimentação e com a possibilidade de divulgar a sua marca, somente em um determinado núcleo.

Isso porque os anúncios criados a partir do Google Adwords também podem ser personalizados por região, o que representa um diferencial importante para quem vende produtos que precisam ser entregues imediatamente, tais como produtos alimentícios, por exemplo. Ou para serviços que exijam a presença física do cliente, como salões de beleza e consultórios.

Por que a sua empresa precisa de especialistas em Google Adwords?

O link patrocinado não é tudo.

A plataforma Google Adwords também oferece informações detalhadas sobre as buscas pelo seu segmento, o que ajuda muito a posicionar os seu site, de modo á dar maior destaque ao que é compartilhado também dentro dos seus links.

Por que isso é importante? Porque no mundo do marketing digital, conteúdo é valor. E uma empresa bem vista pelo público é uma empresa que gera uma imagem de maior confiabilidade. Mas é essencial conhecer bem o teor das informações oferecidas e saber exatamente como adaptá-las de modo a representarem valor.

Outro ponto importante que valoriza ainda mais os conteúdos criados a partir do marketing no Google, é que quando o anúncio é feito com base em dados reais, fica muito mais fácil acertar nas estratégias de marketing e economizar tempo e dinheiro que seriam gastos experimentando outras ferramentas.

Em Portugal, as maiores empresas já aproveitam as informações disponíveis através do Adwords para estabelecer não somente a segmentação dos seus anúncios, como também para desenvolver toda a estratégia de seu marketing de conteúdo, o que compreende seus blogs, vídeos e sites.

Assim, através da mesma plataforma de divulgação no google, também é possível colocar não só um produto a venda, mas tornar a imagem da sua empresa mais sólida.

Comece agora

Quanto antes investir em divulgação no Google, mais rápidos serão os seus resultados. Aproveite o profissionalismo de quem se dedica vinte e quatro horas a desenvolver estratégias de marketing mais assertivas com base em análise de dados, e comece agora mesmo a dar destaque a sua marca. Consulte a nossa equipe de profissionais e faça uma cotação.

Marketing digital representa lucratividade garantida, e não há tempo a perder. Afinal, a propaganda, é a alma do negócio.

Consultoria em SEO é realmente necessária?

Consultoria em SEO é realmente necessária?

Já parou para pensar por que alguns sites aparecem antes dos outros, nos resultados do Google?

Se você já se perguntou isso, então talvez tenha percebido que, quase sempre clicamos nos três primeiros resultados que aparecem durante uma pesquisa.

Pois é, o que quase ninguém imagina, é que para estarem posicionados nas primeiras posições do ranking de respostas do Google, os sites precisam investir em uma estratégia de marketing digital chamada: “Análise de SEO”.

O SEO (Search Engine Optimization) é termo que define as estratégias utilizadas para otimizar a visualização dos sites.

Essas estratégias compreendem:

  • Análise de informações.
  • Desenvolvimento de conteúdo otimizado.
  • Gerenciamento direcionado da plataforma.

Por causa da quantidade de sites disponíveis na rede, de nada adianta ter um endereço de web cheio de conteúdo atualizado, se os artigos publicados não são desenvolvidos sob a consultoria e análise de SEO.

Nessa situação, a tendência é que o link se perca entre a infinidade de outros tantos. Afinal de contas, o seu cliente precisa chegar até o seu site, e quem estabelece o caminho, é o Google, a maior plataforma de busca do mundo.

O que é o planejamento estratégico de SEO

“É de acordo com as informações oferecidas pelo Google, que se faz a consultoria de cada link, e a análise e projeto de SEO são desenvolvidos.”

A própria plataforma de busca disponibiliza informações que são um reflexo do que o público anda pesquisando nas redes, e de acordo com esses dados, o Google oferece palavras que servem como chave, para direcionar o usuário para os assuntos em comum com os seus interesses.

Alguns bons exemplos disso, são os links de vendas que aparecem nos feeds das redes sociais, após buscas desses produtos no Google.

Mesmo assim, o planejamento de SEO não é uma receita pronta. Trata-se de um trabalho elaborado onde o profissional emprega conhecimentos oferecidos pela plataforma Google Analitcs com o objetivo de tornar um site mais rentável.

Pra acertar nesse trabalho, é necessário levar em consideração as atividades específicas do site visado e é por isso que a definição clara das metas da empresa é uma parte importante desse processo. Qual o objetivo da sua marca? Gerar vendas, aumentar o tráfego do site? Ou promover contratações dos seus serviços?

O profissional de SEO também vai entender como funciona o faturamento do site para estruturar uma estratégia objetiva e que eleve os lucros de maneira significativa. Quando feito com profissionalismo, os resultados da análise de SEO e otimização de sites são rápidos, mas esse trabalho deve ser constante e minucioso, afinal, a internet se atualiza todos os dias.

Quem precisa de Consultoria SEO?

Todas as empresas que tenham interesse em aumentar a contratação de seus serviços, a venda de seus produtos ou a visualização dos seus sites. O empreendedor digital precisa receber essa importante ajuda para conseguir alavancar o seu negócio e se estabelecer como marca.

A consultoria profissional e especializada em SEO é um investimento essencial para quem tem foco em rentabilidade e lucros reais. Se a sua empresa merece um lugar ao sol, conheça o profissionalismo das nossas equipes e lucre, garantindo a visualização e a valorização da sua marca. Para saber mais, entre em contato conosco e faça um orçamento. É rápido e muito importante para a saúde da sua empresa.

Sua empresa realmente está sendo vista na internet?

Sua empresa realmente está sendo vista na internet?

Para fazer mais vendas é preciso ser encontrado pelos seus clientes, e hoje, para ser encontrada, a sua empresa precisa aparecer na internet.

Mas parecer na internet não é somente possuir uma página ou site da sua empresa.

Pois é, o Google possuiu tantas opções de marca e produtos para mostrar aos seus usuários no momento da busca, que quando ela acontece, só aparecem no topo da lista as empresas que melhor possuírem presença digital. E a sua, está entre elas?

Mas o que é presença digital? Ou presença Web?

Possui presença web, a empresa que aparece em diferentes links, que é citada em muitos endereços na internet e que tenha diferentes conteúdos para mostrar ao seu público. Sem isso, ela se torna apenas mais uma, num mar de opções que não dizem nada, nem oferecem as respostas que os clientes estão procurando.

Você sabe como anda a sua marca, quando o assunto é presença web?

Afinal, se a sua empresa não aparecer nas buscas dos usuários, ela provavelmente vai ceder espaço a concorrência e perder excelentes oportunidades de negócio.

Fatores que podem atrapalhar a sua presença web

Existem alguns fatores que podem dificultar o posicionamento da sua empresa na internet e alguns deles estão ligados, por exemplo, ao tempo de carregamento da sua página.

Veja a seguir outros fatores que podem atrapalhar a sua presença web.

  • Poucas citações da sua empresa ou produtos em sites.
  • Conteúdo não otimizado em SEO, ou seja, textos que não foram criados segundo a análise de palavras chaves.
  • Sites sem planejamento estrutural adequado.
“A presença virtual é o que faz uma marca ser considerada confiável ou não, e é claro que quem apresenta os melhores resultados tem mais lucros e oportunidades.”

Como saber sobre o status de presença web da sua empresa?

Você digita uma palavra relacionada ao seu produto e a sua empresa não é sugerida como referencia pelo Google? Este é sem dúvida um indício de que a presença web da sua empresa pode não ser das melhores. Mas para saber exatamente onde está o problema e como resolve-lo, é importante obter a ajuda de um analista profissional.

O analista de presença web é especialista nas tendências de marketing digital e sabe interpretar corretamente as diversas informações disponíveis não somente no seu site, como também nas ferramentas que plataformas como o Google, disponibilizam para este fim.

Com a leitura cuidadosa dos gráficos e indicativos de buscas relacionadas ao seu nicho, o analista vai estabelecer uma linha de soluções pensadas para resolver especificamente o seu problema.

Afinal de contas, a internet oferece ás empresas, a oportunidade de entrar em contato direto com o seu público de maneira rápida, oferecendo seus produtos e serviços á distância de um clique. Mas aproveitar bem essas oportunidades é o que diferencia um grande empreendedor digital, de outros tantos profissionais do mesmo segmento.

E no fim das contas, alguns dos maiores benefícios que uma marca pode obter em decorrência da análise de presença é a chance de corrigir falhas muito específicas, economizando tempo e dinheiro, principalmente quando todo esse processo pode ser realizado por um profissional especializado, e sem nenhum custo.

Se você esta certo de que sua empresa não esta gerando os resultados que poderia gerar na internet e deseja mudar este cenário, nós podemos lhe ajudar a encontrar os possíveis motivos desse baixo desempenho. CLIQUE AQUI e solicite uma Análise de sua Presença Online agora mesmo totalmente GRÁTIS.

E para saber mais, consulte a nossa equipe e entenda como funciona esse processo e assim, aproveite tudo o que os nossos profissionais podem fazer para ajudar você a lucrar mais e explore plenamente as oportunidades que uma melhor presença web pode oferecer para sua empresa.

Dicas valiosas para sua loja virtual vender mais!

Dicas valiosas para sua loja virtual vender mais!

Na era da informação mais rápida as vendas pela internet têm crescido exponencialmente, e se você quer aproveitar essa tendência para iniciar um e-commerce, ou se já tem uma loja online e quer vender mais, fique atento a alguns diferenciais que ajudam muito na lucratividade da loja virtual, são eles:

  • Tráfego frequente e em quantidade.
  • Clareza de informações.
  • Marketing de conteúdo.
  • Links patrocinados.

Mas gerir uma empresa e ao mesmo tempo investir em estratégias de marketing pode ser complicado. Por isso conte com uma equipe de profissionais que possam levar mais tráfego para o seu site, e assim aumentar a sua taxa de conversão.

Erros mais comuns nas lojas virtuais

Muitas vezes a falta de vendas está mais relacionada a própria plataforma da loja virtual, do que ao interesse do público.

Para se ter uma ideia dos erros mais comuns dos empreendedores no setor de e-commerce veja a relação a seguir, e tente se lembrar de quantas vezes você já se deparou com situações como essas:

Plataformas que não parecem profissionais.

Ter um site respeitado exige trabalho profissional. Quando o usuário acessa uma loja online e se depara com uma interface confusa e improvisada, pode se sentir inseguro e decidir procurar plataformas que já conheça.

Pouco tráfego. Para vender é necessário ter visitas na sua página, quer um exemplo? Em média, para cada mil visitas diárias, são realizadas 10 vendas, por isso, uma plataforma com menos visitas, tende a vender pouco, ou não vender.

Dificuldade de acessar a plataforma. Sites muito pesados, ou muitos formulários de acesso para poder efetuar a compra.

Falta de informação sobre a empresa. Sites que não possuem dados como telefone, endereço ou alguma informação de contato efetivo.

Tudo isso causa insegurança e afasta o cliente, que pode nunca mais retornar.

Como tornar a sua loja online uma máquina de vendas?

Como vimos antes, é fácil cometer erros na própria plataforma, mas felizmente existem algumas atitudes positivas que o empreendedor pode tomar, para corrigir essas posturas inadequadas e tornar a sua loja virtual uma verdadeira máquina de vendas, capaz de gerar lucros todos os dias.

  • Faça um marketing profissional
  • Tenha uma loja virtual profissional. Obtenha um site de carregamento mais rápido, com interface otimizada, e que esteja pronto para receber o seu cliente com identificação dos seus produtos, informações de contato e acesso á outras plataformas que façam referência a sua empresa e transmitam segurança ao seu público.
  • Conheça o seu público. Realize pesquisas para saber informações a respeito do seu público e poder oferecer exatamente o que ele procura.
  • Conte com ajuda profissional. Como vimos, o improviso gera insegurança, por isso, invista na realização de um trabalho profissional que de fato tenha base na análise de dados reais.

Para começar agora mesmo a lucrar mais e tornar a sua loja online muito mais lucrativa, não hesite em contatar os nossos profissionais e saber de tudo o que o marketing digital pode fazer pela sua rentabilidade.

A nossa equipe está preparada para esclarecer as suas dúvidas, e ajudar a sua empresa a estar cada vez mais perto do seu público.

Deixe seu comentário abaixo ele é muito valioso para nós, com ele conseguimos saber se o que estamos publicando esta sendo útil para vocês, OBRIGADO POR ESTÁ AQUI CONOSCO.

O Google dá mais destaque ao seu site se ele for relevante!

O Google dá mais destaque ao seu site se ele for relevante!

Primeiro artigo da série “O Conteúdo que te Faz Vender Todos os Dias”, uma sequencia de artigos que vão lhe ensinar, na prática, como criar conteúdo para seu Blog que atraia milhares de visitantes todos os dias para seu site.

Não deixe de acompanhar essa série que vai mudar sua forma de publicar artigos no seu blog.

Vamos lá! No passado a propaganda já foi baseada em panfletagem e comerciais de televisão, mas é claro que tudo isso demanda investimento pesado e, na era da informação rápida, as coisas mudaram um pouco, de modo que essa linguagem externa e direta, conhecida como outbound marketing, já não trás os mesmos resultados de antes.

Isso porque, como se sabe, hoje as pessoas passam muito mais tempo diante das telas dos seus notebooks e smartphones, do que assistindo televisão e lendo jornais, sendo assim foi preciso usar técnicas mais modernas e criativas para captar a atenção do consumidor.

De modo que pode-se dizer que uma empresa que faz sucesso e gera alta lucratividade no mercado atual, é aquela que melhor desenvolve seu trabalho de divulgação e interação no ambiente virtual.

Mas na internet o marketing não se trata somente de anúncios rápidos e slogans em linguagem imperativa. Para ser visto nesse ambiente é preciso mais do que isso, e o inbound marketing, por vezes também chamado de marketing de permissão, é a prova de que encantar pessoas pela qualidade do seu serviço é melhor, mais lucrativo e até mais barato, do que simplesmente vencê-las pelo cansaço e repetição muito explorados no passado.

Conteúdo de impacto

E na sua base, a expressão: marketing de permissão significa que hoje o usuário precisa se sentir inclinado a visitar um site, consumir seu conteúdo de maneira cíclica, seguir a plataforma por vontade própria para só então sentir segurança em adquirir os seus produtos. Pode parecer complicado, mas na prática este é um caminho a ser percorrido naturalmente.

Só cabe ao empreendedor colaborar com esse avanço natural, fornecendo meios para reter a atenção de todas essas pessoas.

Mas como fazer isso? O que levaria uma pessoa a se identificar com uma marca a ponto de contratar os seus serviços?

A qualidade e a relevância das informações que a plataforma oferece aos seus usuários é o diferencial que basicamente transforma visitantes em clientes efetivos é criando um conteúdo de impacto, que de fato seja útil na vida dos seus usuários fica muito mais fácil transformá-los em parceiros fiéis da sua empresa.

Como veremos posteriormente todo esse trabalho precisa ser construído gradualmente de modo que os visitantes do seu site transitem gradualmente entre os status de visitante colateral, para então usuário assíduo e por fim, consumidor.

E como se dá o processo de afunilamento de interesse? Ou seja, como ajudar o visitante do seu site a entender que o seu produto é tão interessante quanto o seu conteúdo?

Bem, para transformar o usuário do seu site em um cliente efetivo, que compra os seus produtos, o empreendedor digital precisa entender que a ideia é provocar o direcionamento desse usuário, incentivando-o a pesquisar e navegar cada vez mais dentro do site, conquistando sua confiança gradualmente, com matérias pertinentes e que sejam realmente úteis, mas que também sirvam para demonstrar a sua expertise sobre o produto transformando-se em uma autoridade no assunto.

E é nesse ponto que surge uma outra expressão muito usada no marketing de conteúdo digital que é o funil de vendas.

O famoso funil de vendas

Se você se interessa por marketing digital e web conteúdo, provavelmente já ouviu esta expressão “funil de vendas”.

Pois é, compreender esta ideia é essencial e pode ser mais fácil do que parece.

Imagine uma pirâmide invertida na qual a ponta, voltada para baixo, represente a quantidade de usuários de um site que realiza a compra de produtos e serviços dentro da plataforma.

Isso significa que todo o corpo da pirâmide simboliza a quantidade de usuários que acessam o conteúdo do site, sem contudo, realizarem a contratação ou compra desses serviços.

É importante entender que, os visitantes na parte mais larga dessa pirâmide ou funil, encontram o site da empresa através das buscas do Google, utilizando palavras chaves genéricas e termos gerais, enquanto que a quantidade intermediária de visitantes, localizada do meio para baixo do funil representa a porcentagem de pessoas que visita o site porque já conhece a plataforma e decidiu acessar o endereço virtual por vontade própria.

É este público que posteriormente se tornará. em uma massa de clientes efetivos, pessoas que adquirem desse site os seus produtos e serviços.

Mas a dúvida persiste. Afinal, como levar o usuário da parte mais ampla até a ponta do funil de vendas?

A resposta para essa pergunta está na palavra mais repetida no segmento de marketing digital : Conteúdo.

Conteúdo: A internet é feita de informação

Agora experimente entrar em um ambiente virtual através de alguma rede social ou mesmo da página de resultados do Google e observe este cenário com atenção.

Perceba que tudo o que você verá nestas plataformas em forma de texto, vídeo ou imagem, pode ser resumido com uma única palavra: Conteúdo.

Pois é, o que chamamos de conteúdo digital é todo material que preenche os sites e blogs, canais e perfis, e pode ser encontrado na internet em forma de vídeos, artigos, áudios (podcasts) imagens (memes) e infoprodutos, como cursos e e-books, por exemplo.

Por que produzir conteúdo?

Segundo um artigo publicado no UolHost em dezembro de 2017, as empresas que investem em conteúdo digital disparam nos rankings de vendas se comparadas as que não exploram esse recurso.

Uma pesquisa da plataforma Hubspot comprovou que as empresas que publicam 16 artigos mensalmente, alcançam três vezes mais público do que as que decidem realizar a postagem de somente 4 artigos. Isso significa que quanto mais conteúdo, mais visitantes e é claro, que quanto maior o número de visitantes, mais compartilhamento, mais engajamento e é claro, mais pessoas se interessam em consumir os produtos e serviços oferecidos.

6 motivos para investir agora mesmo em conteúdo digital

A seguir veja algumas razões para investir agora mesmo em conteúdo digital para o seu site ou blog:

1 – Promover a autoridade de uma marca ou pessoa comprovando seu potencial ou conhecimento sobre determinado assunto.

2 – Angariar seguidores.

3 – Melhorar o posicionamento de um site nos rankings de busca do Google.

4 – Aumentar vendas

5 – Expandir a área de atuação de uma empresa

6 – Conquistar um público diverso ou mais amplo.

Mas muito mais que a quantidade, o conteúdo digital deve ser desenvolvido seguindo as estratégias de produção cuidadosamente, afinal esse trabalho só proporciona resultados positivos quando é de fato capaz de informar e ajudar o seu público-alvo.

E como sabemos, a ideia do inbound de sucesso consiste no princípio de que as pessoas visitem um determinado site por vontade própria e que achem a abordagem realmente relevante e útil para as suas vidas.

Dessa forma a plataforma cresce, ganha respeito e seguidores fiéis, dispostos à investir efetivamente nos seus produtos e serviços oferecidos.

Mas falar em criar com qualidade e relevância é muito simples, se comparado com o exercício dessa atividade na prática.

Informar para vender

Informar. Não é atoa que a internet está repleta de materiais desenvolvidos com essa finalidade.

Como se pode ver, o ambiente virtual é basicamente feito de informação e o acesso as novidades é cada vez mais rápido, e dessa maneira mais e mais empresas brigam por espaço, utilizando das estratégias de marketing para conquistar o público, o que deixa o ambiente virtual mais rico de conteúdo a cada minuto, e por consequência, muito mais interessante tanto para os consumidores e quanto para os empreendedores.

Perceba que hoje, dificilmente um consumidor realiza uma compra sem consultar antes os resultados do Google e é aí que entra o já famoso marketing de conteúdo, que nada mais é do que a informação direcionada ao propósito de vendas.

Afinal, como vimos, para agregar pessoas ao redor de uma causa, que pode ser uma marca ou uma identidade pessoal, é preciso desenvolver um conteúdo que seja relevante e que traga entretenimento e informação na medida certa.

E este parece um trabalho simples se colocado nesses termos, mas é justamente nesse ponto que está a maior dúvida dos investidores do meio digital que é: “ Afinal, como saber quais as necessidades do público?”.

Siga a nossa plataforma para responder estas e outras dúvidas sobre marketing de conteúdo e não perca nenhuma das nossas atualizações sobre o mundo do marketing digital.

Boas Práticas de SEO no Marketing de Conteúdo

Boas Práticas de SEO no Marketing de Conteúdo

Terceiro artigo da série ‘O Conteúdo que te Faz Vender Todos os Dias’.

Esse artigo mostra o que você precisa saber para ter um conteúdo 100% otimizado para o mecanismo de buscas. Você vai entender como fazer para que o Google encontre seu artigo e de destaque a ele.

O SEO, sigla em inglês de Otimização para mecanismos de busca, pode ser explicado como um conjunto de ações feitas com o propósito de tornar um site mais relevante ao usuário do Google. Isso quer dizer que, quando um endereço virtual atende todas as regras de SEO e disponibiliza para o seu público um conteúdo aprofundado sobre seus temas, com links internos e externos para navegação, o Google entende que, de fato esta URL merece aparecer nas primeiras posições da busca sobre o tema que aborda, o que é ótimo para qualquer empresa.

Por isso, algumas das estratégias de SEO compreendem a criação de conteúdo amplo, aprofundado e dessa forma, um site ou blog que trata de um único assunto de forma completa, tende a receber um ranqueamento muito melhor, do que um site que oferece diferentes artigos sobre temas muito variados, por exemplo.

A seguir, veja algumas ações que elevam o ranqueamento de um site:

• Otimização da plataforma do site.

Tenha uma URL limpa, que mostre palavras ao invés de códigos e verifique se a versão mobile está responsiva.

Se tem um carregamento rápido e se é fácil navegar por ela.

• Artigos que tratem do tema base de forma completa.

Como se sabe, o Google relaciona os assuntos através da repetição de palavras-chave, mas isso não basta para que um artigo seja categorizado como relevante.

Por exemplo, imagine que alguém poste um texto curto, onde a palavra “carro” seja repetida mais de trinta vezes.

Pode parecer que isso resultaria num bom ranqueamento relacionado ás pesquisas de compra de automóveis, mas o Google é mais inteligente do que isso, e se não perceber no conteúdo outras palavras relacionadas ao tema, como: “volante”, “IPVA” “automotivo” entre outras, ele simplesmente ignorara o artigo repetitivo e em seu lugar posicionará um site onde a informação apareça de maneira mais completa.

• Textos com cabeçalho

Para facilitar que o usuário encontre a resposta que precisa no seu artigo, use palavras chaves nos cabeçalhos dos seus textos e pense em quem vai ler este conteúdo.

Ele está interessante? É fácil assimilar a ideia?

• Use links

Usar links ao longo dos artigos do seu site, faz que o usuário tenha interesse em navegar por outros conteúdos já postados e assim considere a sua página mais interessante e volte sempre que tiver uma dúvida.

Os links externos, que fazem o usuário sair do seu site, servem para que o Google relacione o seu conteúdo à outros mais respeitados e também agregam valor.

• Prepare o ambiente

O site precisa estar preparado para que o usuário se sinta bem recebido e ao mesmo tempo tenha vontade de interagir com a plataforma.

Lembre-se de usar cores que despertem uma sensação agradável, e evite o vermelho ou laranja piscantes, que frequente estão relacionadas a anúncios de promoções. Estas cores transmitem a sensação de urgência e podem fazer com que o leitor deixe depressa a sua página.

Também é importante que os botões de compra e cadastro estejam visíveis e fáceis de acessar.

• Paciência

Este é um ingrediente essencial para quem quer investir em conteúdo SEO.

Entenda que para obter o sucesso e angariar seguidores a alimentação do site precisa ser constante e perdurar por algum tempo. A média para que empresas se solidifiquem no ambiente virtual varia de um a dois anos, mas os resultados podem chegar um pouco mais rápido quando se investe no chamado “conteúdo viral”

A importância do conteúdo compartilhável

Centenas, talvez até milhares de pessoas compartilhando uma única postagem, teste, imagem ou vídeo.

Quem nunca navegou pelas redes sociais e notou o mesmo texto ou imagem compartilhado repetidamente, que atire o primeiro deslike.

O conteúdo viral é justamente a informação que se espalha rápido, e pode atingir em pouco tempo uma grande massa de pessoas.

Como se pode imaginar, para empresas que precisam de divulgação, essa é a melhor maneira de propagar uma nova ideia ou serviço de forma barata, já que a necessidade de impulsionamento é apenas inicial e o alcance inimaginável.

Mas criar conteúdo compartilhável pode não ser tão fácil quanto se imagina, afinal, o público é implacável e as melhores ideias não partem das máquinas e estratégias pré estabelecidas.

Esse tipo de conteúdo precisa de um olhar humano e empático, aliado ao interesse pelas novas tendências.

Conteúdo humorístico e de entretenimento.

Em redes sociais como o Facebook e twitter, por exemplo, os conteúdos que fazem mais sucesso são frequentemente os relacionados ao humor. São imagens e vídeos com pouca legenda e muita ironia, que conseguem abranger uma quantidade massiva de pessoas em um tempo bastante curto.

Mas isso não significa que o site da sua empresa precise fazer piadas e memes a todo momento.

Afinal de contas, é importante transmitir conhecimento, e nem todos os perfis e temas permitem uma abordagem que tenda para o cômico. Mesmo assim tenha em mente que no ambiente das redes sociais, um conteúdo pode ser melhor aceito quando conversa com o usuário de forma leve e descontraída.

Por isso, quem cria para esses ambientes precisa observar esse trabalho com o olhar do leitor, e para não pecar para mais ou para menos, deve fazer a si mesmo as seguintes perguntas:

• Se eu tivesse dúvidas sobre este assunto, este conteúdo teria me ajudado?

• Este conteúdo poderia me ofender de alguma forma?

• Este conteúdo desperta a minha vontade de mostrá-lo a alguém?

Estas perguntas são importantes para que se possa criar com relevância e antes de qualquer coisa, com respeito, afinal, o conteúdo negativo também se espalha rápido e é imperioso evitar que isso ocorra.

O lado ofensivo da força

A boa fama na internet abre portas, mas a fama negativa pode causar prejuízos absurdos. Por isso, antes de postar é essencial ponderar se o seu público-alvo ou possíveis clientes, poderiam se ofender com ele.

Por exemplo, se a sua empresa deseja oferecer a venda de determinada classe de alimento, pode não ser interessante fazer algum tipo de piada relacionada à outras opções alimentares, afinal de contas, isso pode gerar uma onda de comentários raivosos dos adeptos de alimentos diversos, além de dificultar que este grupo queira experimentar o seu serviço no futuro.

Invista em conteúdo relevante, sempre aliado à pesquisa e não deixe de acompanhar as atualizações da nossa plataforma para receber mais novidades sobre o mundo do marketing digital e conteúdo.

Dicas para criar o valioso conteúdo rápido

Dicas para criar o valioso conteúdo rápido

Neste artigo vamos abordar a necessidade de se criar artigos de leitura rápida, que passe ideias precisas e diretas, sem confusão para conquistar seu público logo nas primeiras linhas do artigo.

De todas as novidades da era da informação digital é a necessidade de leitura rápida que mais causa dificuldades de adaptação aos criadores de conteúdo.

Hoje, um artigo muito longo, com parágrafos muito extensos e frases interrompidas diversas vezes, dificilmente alcança um grande público.

Isso porque nas redes sociais o scroll do feed é rápido, e as ideias precisam ser igualmente objetivas.

Afinal de contas, ninguém demora muito tempo a ler um texto e se o artigo parecer longo demais ao primeiro olhar, ele pode ser abandonado ali mesmo. Antes do segundo parágrafo.

Mas não se preocupe, os produtores de conteúdo para web têm desenvolvido estratégias para driblar o olhar apressado do usuário facilitando a leitura dos artigos do seu site, sem perder conteúdo.

Proporcionando assim uma experiência mais agradável ao leitor e com isso obtendo muitas mais chances de partilha.

Algumas formas de otimização do conteúdo para a facilidade da leitura são:

• Utilização de listas

Usar listas ao longo do texto faz com que o usuário consiga visualizar melhor as informações, além de contar, é claro, com o “fator de conclusão”.

Afinal quem lê o primeiro item de uma lista, dificilmente ignorará os itens restantes e assim há mais chances de que o seu artigo seja lido até o final.

• Aplicação de efeitos itálico ou negrito.

Usar itálico ou negrito para destaque de informações importantes mostra ao utilizador que o artigo de fato trata do assunto que o trouxe até ali e que a informação não demorará a chegar. Esta maneira de “acalmar ” o visitante torna o texto mais fluido.

• Subtítulos.

Subtítulos “quebram ” o texto e segmentam as abordagens de modo a que fica mais fácil encontrar os tópicos, além de melhorarem o ranqueamento do site no Google, uma vez que essa estratégia permite a utilização das palavras chaves nos subtítulos.

• Parágrafos curtos/ palavras simples.

Transmitir conceitos em poucas linhas é importante para garantir que o texto seja lido na íntegra e para isso, também prefira usar palavras de fácil entendimento.

O português rebuscado pode dar a impressão de um texto mais bem escrito, mas na realidade frequentemente esse tipo de escrita afasta o leitor.

• Frases objetivas.

Fragmentar frases para fazer observações usando virgulas e mais vírgulas pode deixar o seu conteúdo confuso.

Invés disso opte por usar um ponto final e acrescentar a nova ideia numa frase seguinte. O ideal é que, num artigo otimizado em SEO, cada frase não ultrapasse a quantidade de vinte palavras.

• Texto em F

E de nada adianta criar um artigo completo se ele não for lido até ao final. Por isso dê ao leitor a ideia de que o texto se afunila e crie artigos em forma de F, isto é, na ordem: Título-texto-subtítulo- texto de conclusão. Isso torna o conteúdo mais fácil de pesquisar com o olhar e dessa forma é mais provável que ele seja lido e partilhado.

• Dê uma revisão ao seu texto

Se não puder pedir a alguém que leia o seu texto, faça a leitura você mesmo e em voz alta, dessa forma, fica muito mais fácil captar a atenção em cada palavra e encontrar possíveis erros.

Reler o seu trabalho noutro dia também é uma forma interessante de driblar o cansaço e assim notar erros confusos que podem ser cortados ou editados.

• Sempre use um CTA

Não se esqueça de acrescentar ao final do seu artigo um CTA (call to action), que é uma chamada à ação.

Algo como “leia mais no site…” ou “siga-nos nas redes sociais”. O CTA é um convite simpático para que o leitor interaja com o seu site e assim avance no funil de vendas.

O combate às Fake News.

Um ponto essencial para criar conteúdo relevante e assim ranquear bem e gerar autoridade é, claro, a veracidade.

Pode parecer básico, mas a fase de pesquisa na hora de criar conteúdo para sites tem sido muito ignorada, de forma que para lidar com isso, algumas das plataformas de redes sociais como o Facebook e o Twitter estão a investigar e a punir as fontes de “fake news” com bloqueios das suas contas e até o cancelamento das maiores páginas divulgadoras de conteúdo duvidoso.

Portanto, todo o cuidado é pouco na hora de realizar as pesquisas para criar o seu conteúdo. O melhor mesmo é procurar conhecimento em sites especializados, e obter as notícias diretamente da fonte.

Isso não quer dizer que seja necessário ir fisicamente aos locais, mas sim, que deve-se ter um pouco mais de cautela na hora de verificar os dados.

A seguir veja algumas dicas de como verificar se uma informação é mesmo verdadeira antes de reproduzi-la no seu site:

• Aceda aos maiores sites de notícias.

Pesquise as notícias em links reconhecidos como por exemplo a revista Exame, CNN, o Le Monde, Época, BBC, N.Y. Times e etc.

• Utilize a ferramenta Google alerts.

O Google alerts pode avisá-lo sempre que uma notícia sobre o tema escolhido for divulgada.

Para que isso aconteça, basta aceder ao endereço google.com/alerts e configurar o alerta de notícias sobre o tema desejado, dessa forma fica mais fácil de alimentar o seu site com conteúdo inédito e relevante para o momento.

• Faça uma pesquisa ampla sobre o tema.

Antes de publicar sobre determinado conteúdo, faça a pesquisa sobre as palavras chaves utilizadas e entenda o que as pessoas estão a comentar a respeito do assunto. Dessa forma fica mais fácil oferecer artigos e vídeos que interessem realmente ao usuário.

• Assista a vídeos de especialistas famosos.

Pesquise conhecimento sobre os assuntos diretos dos canais dos maiores especialistas sobre o tema, mas veja bem, copiar o conteúdo deles pode ser um erro grave e o Google também pune artigos duplicados, por isso, cuide para transmitir o conhecimento adquirido, sem usurpar os créditos dos seus criadores.

Conteúdo dura pouco? Qual a vida útil do seu conteúdo?

Entre todas as vantagens do inbound marketing talvez a mais atraente seja a validade desses conteúdos.

Afinal de contas, a informação digital é atemporal e como se pode imaginar um conteúdo pode trabalhar em favor de uma causa ou empresa mesmo muito tempo depois de ter sido registada em vídeo ou texto.

Mas veja bem, também há técnicas específicas para permitir que isso aconteça, uma delas, por exemplo é: Abordar conhecimentos de maneira o mais aprofundada possível, fazendo do seu artigo ou vídeo uma referência para outros estudos relacionados ao tema.

Quanto mais aprofundado o seu texto ou vídeo, mais útil ele será e permanecerá assim até que haja necessidade de atualizações das informações abordadas.

Dicas extras para o sucesso do seu marketing de conteúdo.

Outro ponto importante para garantir o alcance das suas publicações é estudar os melhores horários para o tráfego.

Quanto o assunto é alcance, há um momento ideal para cada tipo de postagem, por isso fique atento aos horários em que se pode alcançar um número mais elevado de pessoas em cada uma das principais redes sociais:

Para publicar o seu conteúdo no Facebook o melhor horário é entre as 13:00 e as 17:00 lembrando que há uma maior concentração de pessoas nos dias de semana com pico sempre ás quartas-feiras.

Mas no Facebook o empreendedor também consegue saber exatamente quais são os horários, fluxo e preferências dos seguidores da sua página através de dados e gráficos disponibilizados exclusivos, estudados especificamente para o seu público na própria ferramenta de gestão, especificada pelos ícones “Gráficos”.

Para publicações no Twitter é sempre importante respeitar o maior horário de concentração de pessoas nessa rede social, que se estende das 13:00 ás 15:00 horas. No Twitter quem fala menos é mais ouvido, por isso, economize nas palavras.

Instagram

Use o “iconosquare” no Instagram, para saber mais sobre visualização e engajamento dos utilizadores no seu perfil, e fique atento ao melhor horário para as publicações nessa plataforma, que dura pouco, entre as 17:00 e 18:00 horas, mas consegue abranger um público bastante propenso a realizar compras em perfis onde se sintam seguros. As vendas através dessa plataforma são as que mais cresceram nos últimos meses.

Para o Google+ os horários de maior alcance no Google + são sempre na parte da manhã, entre as 09:00 e as 11:00 durante todos os dias da semana, quando o tráfego é significativamente maior.

Evite realizar publicações de artigos no início da noite, quando há uma baixa drástica nas visualizações do Google +.

Quer saber mais sobre inbound marketing e estratégias para potencializar o seu ranqueamento?

Então fique sempre atento à nossa plataforma e siga as nossas atualizações.

O Inbound marketing, a importância da estratégia

O Inbound marketing, a importância da estratégia

Abordaremos neste artigo um dos tema mais relevantes da atualidade, o Inbound marketing.

Essa nova estratégia de marketing digital tem tomado muita força nos últimos tempo devido sua eficácia em várias frentes de atuação.

Se você ouve falar em inbound marketing e se sente perdido ou mesmo se acredita que a expressão seja um sinônimo para marketing de conteúdo, saiba que você não está sozinho.

A ideia criada por Brian Hallingan sobre inbound marketing é relativamente nova e chegou para revolucionar o mercado de vendas no meio virtual, mas tem confundido muita gente.

Para entendê-la a princípio, temos que relembrar que o marketing é o conjunto de estratégias que definem as relações das empresas com os seus fornecedores e clientes, ou seja, a maneira como essa empresa se posiciona no mundo e tenta impactar o seu meio social utilizando diferentes processos.

Dessa forma o inbound marketing vem como a ideia de usar a empatia e a disposição, no sentido de ajudar, para conversar com o consumidor e encantá-lo, levando-o a se tornar um divulgador em potencial de determinado produto ou serviço.

Pois é, o inbound, conhecido como o marketing de permissão se encaixa perfeitamente no perfil do consumidor moderno e por isso, quem entende suas técnicas e explora os seus mecanismos sai na frente.

Como são os resultados do Inbound marketing?

O inbound Marketing usa basicamente conteúdo para se comunicar, encantar e ajudar pessoas, mas pode demorar mais para oferecer resultados, afinal a estrutura é detalhada e exige rigor nas organizações.

Um dos aspectos que tornam o inbound muito mais forte é a geração de autoridade em torno de determinado assunto, e isso demanda tempo.

Em contraponto, quando os resultados positivos aparecem, este é um retorno duradouro e consistente, diferente do que ocorre diante do impulsionamento indiscriminado, como quase sempre acontece no outbound marketing, uma modalidade que veremos a seguir.

Nada disso quer dizer que seja ruim patrocinar postagens ou investir em exibições de anúncios na televisão, mas na prática, é perfeitamente possível alcançar pessoas e obter engajamento massivo, sem precisar investir quantias exorbitantes.

5 Estratégias de inbound Marketing para a sua empresa

Como dito anteriormente, as estratégias de inbound são detalhadas, mas para que o sucesso aconteça todas elas precisam ser seguidas com a mesma dedicação.

A total atenção do empreendedor a todos esses pontos pode ser o diferencial entre ter uma empresa que engaja seus usuários e vende bem os seus produtos e serviços, ou uma empresa cujo site dificilmente se posiciona com sucesso e assim vende pouco ou não vende nada.

A seguir, veja cinco estratégias de inbound marketing para ajudar você a se colocar melhor nos rankings de busca do Google.

• SEO – Não deixe de otimizar o seu site e o seu conteúdo dentro das regras de SEO.

• Responsividade – Entre na sua plataforma e vasculhe tudo. A responsividade é a alma dos sites de sucesso.

• Marketing de conteúdo – Invista sempre e com frequência em marketing de conteúdo.

• Funil de vendas – Não deixe de trabalhar a atração, consideração e decisão dos usuários do seu site, criando um ambiente propício para isso.

• e-mail marketing – Captar o endereço de e-mail dos seus usuários é uma maneira de manter contato e mostrar tudo o mais que o seu site tem a oferecer. Envie conteúdo interessante para os seguidores do seu site e assim, consiga um engajamento cada vez mais qualitativo.

Pode parecer complexo, mas quanto mais engajamento da empresa sobre esses aspectos, maior o alcance do seu site nas diferentes plataformas e isso é claro, resulta em vendas.

Características do outbound marketing

Mas se você ainda tem dúvidas sobre os aspectos que definem o inbound, veja a seguir uma lista do que não é considerado inbound e seja apresentado ao estilo de propaganda que geriu o mercado até agora. O Outbound Marketing.

A seguir algumas características do outbound, também conhecido como “marketing de interrupção”.

• Comunicação que parte da empresa para o consumidor. ( ex: compre, adquira o seu ou assine já)

• Propaganda que interrompe uma ação do consumidor. O anuncio no meio da revista, o comercial antes do vídeo do youtube.

• Repetição e pouca personalização Panfletos e banners feitos em massa, comerciais repetitivos que atingem até mesmo públicos que não são considerados como alvo.

Hoje esse tipo de propaganda não é mais considerada a favorita dos consumidores que frequentemente desviam desse tipo de abordagem e as consideram indesejável.

O outbound morreu?

Você sabia que 84% dos jovens tendem a sair de um site quando os ícones de venda são muito grandes ou estão presentes em grande quantidade?

Pois é o marketing de interrupção é a modalidade de marketing que busca atrair o seu público através da exploração das qualidades do seu produto, como preço, por exemplo.

É chamado assim porque se baseia em interromper o usuário durante um filme, leitura ou rolar do feed, relembrando o consumidor sobre suas promoções e persuadindo-o a aproveitar algum desconto, repetindo incansavelmente uma informação, na esperança de que o consumidor se lembre dela quando se dirigir ao supermercado ou outro mecanismo distribuidor.

Mas como era de se esperar, o avanço da tecnologia desencadeou um expressivo declínio de resultados do outbound marketing, afinal, diante do ganho de poder de pesquisa do consumidor que hoje pode decidir o tipo de conteúdo que quer ou não acompanhar, as propagandas repetitivas se tornaram obsoletas. Afinal, quem nunca clicou em “Pular anúncio” quando tentava ver um vídeo no Youtube?

Agora imagine quanto foi gasto para a produção desse anúncio? Quanto dinheiro foi investido para que a exibição ficasse disponível? Como se pode imaginar, o outbound é caro e não dá mais resultados como antes.

Mas isso significa que o outbound morreu? Não necessariamente.

Hoje o inbound ganhou espaço e conquistou todas as plataformas com seu conteúdo interessante e relevante, mas acredite, ainda é possível aliar as duas modalidades em prol do engajamento dos consumidores.

Uma forma de fazer isso é levando o conteúdo virtual para fora do ambiente digital através de campanhas inovadoras que despertem engajamento das pessoas também no mundo físico.

Como aliar Inbound e outbound Marketing?

Há pouco tempo a empresa de cosméticos O Boticário lançou uma promoção na qual, conseguindo um código de alguns dígitos disponível no site, os consumidores conseguiam retirar produtos gratuitamente, bastando para isso ir até a loja mais próxima.

Esta trata-se de uma estratégia de inbound aliada ao marketing externo, de modo a literalmente levar pessoas a conhecerem mais sobre os seus produtos, além de fidelizar clientes e gerar um compartilhamento massivo das suas postagens. Tudo isso veio junto com o aumento expressivo das visitas ao site.

Ação aliada à oferta. Isso demonstra que com um pouco de criatividade o outbound e o inbound podem funcionar muito bem juntos.

Ajudar, fidelizar encantar clientes

Concentre-se em entreter e ajudar e produza os conteúdos do site da sua empresa sempre com qualidade e assim fica mais fácil conseguir seguidores fiéis e clientes assíduos.

O inbound marketing é o presente e o futuro do mercado em diversos segmentos, e como vimos, toda a sua metodologia de comunicação trabalha tanto em prol do empreendedor quanto do usuário.

De forma inteligente e sustentável o inbound é a linguagem do futuro na era da informação conteúdo é essencial.

5 Motivos Para A Sua Empresa Investir em Automação de Marketing

5 Motivos Para A Sua Empresa Investir em Automação de Marketing

Se está presente no mundo virtual, tanto como empreendedor, tanto como cliente ou utilizador de redes sociais, então você provavelmente já interagiu com uma ferramenta de automação de marketing.

Mas hoje, a automação de e-mail marketing é feita de maneira tão precisa que dificilmente as pessoas se dão conta de que estão a relacionar-se com um sistema cuidadoso e detalhado, pensado para oferecer a sensação de interatividade e naturalidade.

Então, no final das contas, será que o empreendedor digital realmente sabe o que é automação de marketing? E mais ainda, como transmitir essa importante sensação de interatividade orgânica?

A Automação de Email Marketing e as Facilidades da Interatividade Programada

Imagine como seria muito mais fácil se, ao abrir uma empresa, o empresário pudesse contar com uma carteira de clientes repleta de contatos de pessoas interessadas em obter mais informações sobre os seus produtos?

Mais do que isso, imagine se esse caderno em questão, oferecesse dados ainda mais precisos sobre essas pessoas, como tempo gasto pelo utilizador que observa as suas vitrines, produtos que ele ou ela mais busca, e até informações sobre como encontrá-lo.

Pois é, a automação de marketing faz isso em inbound, o que significa que com essa estratégia a sua empresa ganha e muito, com a formação de uma “carteira de clientes” que pode realmente vir a adquirir os seus produtos se for contatada de maneira inteligente.

Mas é aí que costuma estar o desafio. Afinal, como fazer esse contato?

Campanhas de email marketing

As campanhas de email marketing são segmentadas para garantir que o conteúdo oferecido de fato atende às necessidades do cliente em questão.

Todo esse trabalho é desenvolvido de acordo com os dados disponíveis nas plataformas de automação de marketing, e dependem das estratégias de alimentação dos leads.

Assim as campanhas de email marketing feitas para automatização garantem que o seu cliente receba conteúdos que o façam avançar pelo funil de vendas, sem que seja necessário o trabalho manual do empreendedor.

Como é a automação de marketing na prática?

Imagine que uma quantidade de cem pessoas visitem o seu site diariamente, mas que somente dez dessas pessoas chegam até à sua página de vendas, e estando lá, somente cinco cliquem no link e efetivamente comprem o seu produto. Como aproximar as outras pessoas do seu objetivo de venda?

A automação de email marketing depende da interação inicial do utilizador, que oferece o próprio e-mail em troca de um produto ou benefício grátis, como uma vídeo aula, ou um e-book, por exemplo.

A partir desse momento, a ferramenta de e-mail marketing alimentará este utilizadorr com conteúdo relevante, que desperte nele a sensação de segurança na sua plataforma, aliada ao desejo de adquirir o seu produto.

Todo esse trabalho é feito gradualmente, e criar o conteúdo capaz de alimentar esse lead e fazê-lo avançar pelo funil de vendas, vai depender de um cuidadoso monitoramento de resultados. Mas é muito importante acompanhar as respostas dadas pelos utilizadores e não deixar de investir em técnicas qualitativas de inbound.

Cuidado com o conteúdo

Como se pode perceber, a automação de marketing exige estratégia e técnica e, tal como dito anteriormente, é importante criar um conteúdo de qualidade para que o utilizador de fato se sinta mais inserido e interessado pela sua plataforma e os seus serviços.

Por isso, não é exagero dizer que investir na automação de e-mail marketing depende de conteúdo de qualidade.

Os conteúdos precisam de ser otimizados, segmentados, pensando em cada fase do utilizador dentro do seu site. Afinal, trata-se de uma pessoa que acabou de encontrar o seu link por acaso ou estava a fazer pesquisa pelos seus serviços?

Este utilizador quer comprar a solução para as suas dores, ou procura somente ler alguma informação que o ajude a solucionar o problema.

É importante que os textos, áudios ou conteúdo em vídeo apresentados pelo seu sistema de automação de marketing, sejam de real interesse dos utilizadores e que tenham poder para aproximá-lo do seu produto ou serviço oferecido.

A importância do e-book

No quetão de utilidade e sensação de posse de produto, o e-book com certeza sai na frente, este é o infoproduto que mais tem poder de aproximar o seu cliente da sua marca, e isso acontece pelos seguintes motivos:

  1. O e-book possui um formato de livro digital, e que por ser facilmente portável, transmite uma sensação mais real de pertença pelo utilizador. Isso porque os livros digitais já conquistaram um grande prestígio dadas as suas facilidades e mecanismos de leitura, e assim alcançaram um patamar de produto de relevância.
  2. O e-book é oferecido num primeiro contato e entregue após o usuário preencher o formulário com dados como nome e e-mail. Assim a empresa ganha em captação de endereços e investe em proximidade.
  3. Ter o e-book de uma determinada empresa e obter nele o conteúdo necessário para solucionar um problema ajuda e muito a criar autoridade da marca e é claro agregar valor aos seus mais variados serviços e produtos.

Importante lembrar que os e-books que criam maior interesse dos utilizadores, são os que têm relação com minicursos e ideias que acrescentam conhecimento.

Campanhas de email marketing uma estratégia progressiva

Mas nem só de e-books é feita a automação de marketing. As campanhas de email marketing exigem uma estratégia progressiva e sendo assim estimulam cada vez mais a interatividade do usuário com a sua plataforma.

Por exemplo, no primeiro contato, um e-book é entregue sob a condição de se receber em troca um endereço de e-mail.

A partir desse endereço de contato, a segunda interação com o utilizador acontece de modo a agradecer pelo interesse no infoproduto, e oferecer um segundo conteúdo, que pode estar relacionando à progressão do conhecimento na área em questão através de um conteúdo no seu site, por exemplo.

Assim, clicando nesse link, o utilizador recebe um terceiro contato com um convite ou agradecimento e assim por diante até que a interatividade se transforme em venda.

A seguir veja as maiores vantagens de se investir na automação de e-mail marketing e porque essa estratégia pode fazer bem para a saúde financeira da sua empresa.

5 motivos para investir na automação de email marketing

Atrair pessoas, converter em leads, cria envolvimento através da interatividade e vender muito mais. Veja os cinco motivos para investir na automação de email marketing:

1 Segmentação e personalização.

O conteúdo pensado especificamente para as necessidades do seu cliente.

2 Nutrição do lead

Através da automação de marketing é possível entender as necessidades estratégicas para transformar o usuário esporádico num cliente que compra os seus produtos.

3 Monitoramento

A automação de marketing permite o monitoramento do envolvimento dos utilizadores com a sua plataforma, permitindo diagnosticar possíveis problemas e solucioná-los a fim de aumentar as suas vendas.

4 Diminui o trabalho manual

Com um custo mais baixo que o da contratação de um profissional que pudesse fazer todo esse trabalho manualmente, a automação de email marketing é feito rapidamente e sem o seu esforço.

5 Análise: Saiba mais sobre o seu público:

A automação de email marketing funciona como pesquisa de interesse, já que os dados de navegação do utilizador ficam disponíveis para proporcionar a categorização.

E um benefício extra que faz toda a diferença na rotina de trabalho e na dinâmica da sua empresa com o utilizador: A segurança.

As ferramentas de automatização de e-mail marketing permitem que o utilizador possa sair da sua base se e quando desejar, e dessa forma as mensagens da sua empresa correm menos risco de irem parar nas caixas de spam.

E se você ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto, fique atento ás notificações da nossa plataforma e não perca nenhuma das nossas atualizações sobre o mundo do marketing digital e empreendedorismo.

Só Ter Um Site É Suficiente Para Se Ter Resultados Na Internet?

Site profissional, landing pages, loja virtual, hotsite, páginas de vendas, afinal de contas, isso tudo é mesmo necessário ou ter somente um endereço virtual é o suficiente para se ter resultados na internet?

Para entender qual a necessidade de ter um endereço virtual, primeiro precisamos de discutir quais são as diferenças e funções de cada uma dessas páginas.

As Landing Pages

Você sabe o que são landing pages? As landing pages são as páginas mais importantes para quem está interessado em investir em estratégias mais completas de marketing de conteúdo.

Em definição, são páginas desenvolvidas com menos elementos e links do que uma página tradicional, elas são desenvolvidas com o objetivo único de transformar os visitantes em leads.

Nas landing pages é que criamos chamadas para ação, o famoso Call-to-action, que vai captar os dados dos visitantes interessados no conteúdo da landing pages.

É a partir desses dados que muitos outros níveis da sua estratégia de vendas poderão ser desenvolvidos e é por isso que essa se trata de uma etapa muito importante da sua captação.

Como funciona?

De acordo com as pesquisas realizadas a partir dos dados fornecidos pelas ferramentas de automação, oito em cada dez utilizadores só lêem os títulos das landing pages e limitam-se a responder a informações básicas como e-mail e nome, por isso as landing pages precisam de ser pensadas para representar agilidade, com títulos muito objetivos e nada de solicitação de dados como o CPF do usuário por exemplo, já que a chance de ser rejeitado sob essa condição cresce significativamente.

A imagem escolhida para a landing page também precisa de ter um carregamento rápido e a fonte precisa de ser de fácil leitura.

Evite cores que destoem muito da paleta escolhida para o seu site, já que isso pode dar a sensação de que o usuário está prestes a sair do seu site ou preenchendo uma página de terceiros, como um vírus, por exemplo.

Thank you page

A página de agradecimento, ou a Thank you page é aquela que agradece ao seu cliente após ele ter realizado uma compra ou fornecido as suas informações de contato.

É uma potencial estratégia de divulgação e atração, já que através dela é possível oferecer outros produtos relacionados, ou exibir um gancho para um novo conteúdo.

Ela deve seguir as fontes e cores usadas na landing page, já que isso transmite a sensação de continuidade e segurança.

O que é Loja virtual?

Pode-se dizer que a loja virtual é a vitrine da sua marca. Ela serve para expor todas as suas ofertas num só lugar, mas o conteúdo disponível ali é quase que sumariamente técnico e baseia-se em dados como informações sobre composição, tamanho, garantia, preço e formas de pagamento dos produtos oferecidos.

Isso porque os utilizadores que acedam à loja virtual já percorreram todas as etapas do seu funil de vendas e têm a intenção de compra, ou estavam a pesquisar o produto na plataforma de busca e foram direcionados para a sua página.

É lá, na sua loja virtual que são feitas todas as vendas e é ali a ancoragem dos seus links de venda efetiva.

E como a intenção é de venda, as imagens e informações dos produtos precisam de ser claras e de rápido carregamento para transmitir segurança na sua plataforma.

O que é hotsite?

O hotsite é uma página promocional, um site todo feito para o lançamento de um evento ou produto que acaba de ser lançado, e por se tratar de uma plataforma criada para causar impacto, o hotsite pode ser visto como um banner virtual, e dessa forma é importante que a imagem escolhida, as cores e fontes tenham potencial para despertar admiração.

Mas apesar de toda a beleza da página, o hotsite é criado com prazo de validade. Pois é, e isso significa que ele pode ser desativado ao final da promoção.

Mesmo assim essa página funciona como chamariz para o link promocional e pode caber nela um call to action (CTA) capaz de dar acesso a loja virtual ou blog.

O que é página de vendas?

A página de vendas é aquela que explica o seu produto de forma mais completa, exibindo para o usuário os benefícios de adquirir o seu produto.

Ela é uma conversa com o seu cliente em potencial, e trata de realizar as promessas que farão despertar o desejo de compra.

Na página de vendas a headline (título) precisa ser empática, emocional, e compatível com as informações do seu anúncio. O CTA, que representa a ação desejada, “compre aqui” pode ser realizado de maneira mais sutil e que relembre o usuário do benefício de adquirir o produto. Como “comece a aprender agora”, por exemplo.

Na página de vendas pode haver uma lista de benefícios e vantagens, depoimentos de clientes anteriores e até vídeos explicativos sobre o assunto, mas é essencial que todas as informações sobre o produto apareçam sem que haja a necessidade de rolar a página.

O que é um site profissional?

Agora que você já sabe o que são landing pages, thank you pages, loja virtual, hotsite e páginas de vendas, vamos discutir o que é o site profissional e qual a sua importância para o sucesso da sua empresa.

Bem, em suma, o site profissional é aquele que reunirá o conteúdo capaz de levar o seu utilizador até o serviço ou produto. Para realizar isso, o site profissional utiliza de todos os recursos citados anteriormente

Ele precisa de ser responsivo, ou seja, estar igualmente adaptado para funcionar bem em dispositivos móveis. E todas as etapas de automação em marketing devem ter sido aplicadas de maneira a tornar a experiência mais orgânica.

Parece contraditório, mas na prática os mecanismos de automação conduzem o utilizador a conhecer o seu site e encontrar as informações e produtos do seu interesse.

Mas só ter um site é o suficiente para ter resultados na internet?
Agora voltamos ao ponto crucial para discutir, é necessário mesmo agregar todos os outros endereços ao seu site para ter sucesso na internet?

Será que não se pode simplesmente cortar todos aqueles mecanismos e divulgar e investir em somente um endereço virtual?

A resposta a essa pergunta é sim, claro que se pode ter essa opção, mas um site sem landing pages nem páginas de vendas, loja e conteúdo, não é considerado um site profissional e sendo assim pode não trazer os resultados esperados.

Afinal de contas como formar uma carteira de clientes para interagir com a sua página e gerar mais vendas no futuro?

Como promover os lançamentos, divulgar as promoções e ancorar os seus links sem o hotsite para ajudar você a deslumbrar o seu cliente?

A importância de ter um site profissional
O ambiente virtual é repleto de empresas que a cada dia se especializam para oferecer a melhor experiência para o usuário dentro da sua plataforma, e nesse mercado quem fica para trás é deixado para trás.

Parece cruel, mas quando se fala em tecnologia, essa expressão é logo aliada a sensação de segurança, e na prática, muitos dos usuários abandonam as páginas dos sites por não considerá-las seguras.

Por isso, é essencial ter um site profissional para a sua empresa. Oferecendo toda a base para que o visitante se sinta num ambiente seguro, capaz de oferecer-lhe o que precisa com total garantia de resultados.

Esse trabalho exige técnica, mas quando bem realizado os resultados vêm em forma de crescimento nas vendas e maior captação de leads.

Se estas informações ajudaram a entender a importância de se ter um site profissional, fique atento às novidades que sempre aparecem aqui na nossa plataforma, e não perca outras dicas que podem guiá-lo ao sucesso no mundo dos negócios online.

Tudo O Que Você Precisa De Saber Sobre os Tamanhos das Imagens no Instagram

Tudo O Que Você Precisa De Saber Sobre os Tamanhos das Imagens no Instagram

Em 2017 o Instagram alcançou mais de 300 milhões de utilizadores tornando-se a maior plataforma baseada em conteúdo visual do mundo! Mas você sabe o tamanho ideal das fotos no Instagram?

Neste post vamos lhe mostrar como são as medidas das imagens e vídeos no Instagram e como a sua estratégia pode ser muito mais bem-sucedida nesta grande rede utilizando as imagens e vídeos da forma correta.

Esta informação é muito importante. Afinal, as imagens são o tipo de conteúdo mais popular nas redes sociais, representando mais de 63% do conteúdo dessas redes e 43% do índice de ações.

Nos últimos meses tem havido muitas mudanças na rede social, como a explosão dos Stories como o formato preferido dos utilizadores. Por isso, preparamos este guia para que você utilize o tamanho certo para enviar imagens de alta qualidade aos seus seguidores.

Formatos e Dimensões da Imagem do Instagram

Em primeiro lugar, deve-se lembrar que o Instagram atualmente funciona com três formatos de imagem:

  • Square – Imagens Quadradas;
  • Landscape – imagens na horizontais, (Estilo paisagem);
  • Portrait – as imagens na vertical.

Neste artigo damos-lhe o tamanho certo para cada formato. Mas vale a pena lembrar que no seu perfil todas as fotos aparecem quadradas, certo?

Por isso, antes de publicarem, vejam como é a imagem nesse formato e tentem manter a mensagem principal em foco.

Há também um tamanho mínimo e um tamanho recomendado para imagens de Instagram. O tamanho mínimo é geralmente o tamanho de exibição padrão da plataforma, e o tamanho máximo é o que o Instagram recomenda.

Esta informação é importante porque o Instagram tende a mudar imagens que não têm o tamanho mínimo para alcançar o modelo de visualização. As imagens com o maior tamanho são armazenadas com melhor qualidade.

Tamanho da Foto de Perfil do Instagram

Para fotos de perfil, o tamanho mínimo é de 110 x 110 pixels.

No entanto, uma vez que a foto do perfil parece ligeiramente maior na versão web, recomenda-se que a sua imagem tenha 180 x 180 pixels para alcançar a melhor qualidade tanto no telefone como no site.

Imagens de alimentação do Instagram e tamanho do vídeo Formato square (quadrado)

O tamanho padrão da tela do Instagram tem sido quadrado 600 x 600 pixels por muitos anos, uma proporção de 1:1 por imagem e vídeo. Por esta razão, 600 x 600 é também o tamanho mínimo para o formato.

1080 x 1080 pixels de imagem são recomendados para obter uma melhor visualização de dispositivos com maior resolução.

Formato landscape (horizontal ou paisagem)

As imagens e vídeos em forma de paisagem têm geralmente duas proporções: 1,91: 1 e 16: 9, que se assemelham às da televisão e do cinema.

Para a relação 1.91:1, o tamanho mínimo para vídeo e imagens é 600 x 315 e o valor recomendado é 1800 x 945 pixels.

Para a relação 16:9, o valor mínimo para imagens e vídeos é 600 x 480 e o valor recomendado é 1920 × 1080 pixels.

Formato portrait (vertical ou retrato)

As imagens e vídeos em formato vertical devem corresponder a uma proporção de 4:5 e devem ter pelo menos 480 × 600 ou 1080 × 1350 pixels.

Instagram tempo de vídeo

Todos os vídeos do Instagram feed devem durar no mínimo 3 segundos e no máximo 60 segundos, independentemente do formato.

Stories do Instagram

No Stories do Instagram seus vídeos podem ter de 3 a 15 segundos de duração.

O problema com as dimensões das histórias, imagens e vídeos é que a representação das imagens depende do dispositivo. Quero dizer, não há uma dimensão específica para encontrar todos os seguidores, porque cada um tem um dispositivo diferente.

No entanto, recomenda-se seguir a proporção de imagem e vídeo de 16:9 em formato paisagem, apenas uma rotação de 90 graus em imagens e vídeos.

Procure centralizar os principais elementos do seu post e deixe a borda livre. Isso deve garantir a visibilidade da maioria dos dispositivos.

Porque é importante determinar o tamanho da imagem no Instagram.

Como você sabe quão grandes são as imagens no Instagram, você deve ter em mente a importância desta plataforma para o seu negócio.

As redes sociais desempenham agora um papel central na estratégia de marketing digital. A maioria dos usuários de Internet têm vários perfis em redes sociais e estão constantemente conectados através de diferentes dispositivos (móveis e desktops).

Por isso se você quer ter uma boa presença nessas redes sociais é importante prestar atenção nesses formatos e tamanho, só assim você consegue garantir que as suas publicações estão a ser vistas da maneira que você deseja pelos seus seguidores.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Agência de Marketing Digital

EU POSSO AJUDAR A SUA EMPRESA

Eu realmente estou empenhado em ajudar empresas a crescerem, a conseguirem mais clientes e mais vendas.

Tenho mais de 15 anos de experiência no Marketing Digital e posso afirmar que se a sua empresa não estiver na internet da forma correta, corre um sério risco de ter problemas de caixa.

Por isso quero-o ajudar, pessoalmente, a conquistar o seu lugar na internet e conseguir muito mais clientes.

Você só precisa de clicar no botão ao lado e preencher um formulário. Será uma sessão 100% GRATUITA e que vai ser um marco no seu negócio.

ESPERE!

EU POSSO AJUDAR A SUA EMPRESA

Eu realmente estou empenhado em ajudar empresas a crescerem, a conseguirem mais clientes e mais vendas.

Tenho mais de 15 anos de experiência no Marketing Digital e posso afirmar que se a sua empresa não estiver na internet da forma correta, corre um sério risco de ter problemas de caixa.

Por isso quero-o ajudar, pessoalmente, a conquistar o seu lugar na internet e conseguir muito mais clientes.

Você só precisa de clicar no botão ao lado e preencher um formulário. Será uma sessão 100% GRATUITA e que vai ser um marco no seu negócio.